Alcolumbre jamais! Rafael Brasil

 


Parece que Rodrigo Maia está mais conformado em perder a pose, além das mordomias. Pose e poder, afinal ele foi uma pedra nosapato do governo e sua agenda reformista, sempre como pau mandado da esquerda e aliados, como o STF, claro. Afinal o STF fez e faz mais política do que o congresso, é a vanguarda da cleptocracia e pior: Suas "incelências" ainda posam de heróis na luta contra o fascismo imaginário da maioria das nossas classes falantes. Essa turma sempre de mãos dadas é quem realmente manda no país, claro, com seus milhares de apoiadores, a maioria que vive do estado e suas enormes franjas, digamos assim. Já Alcolumbre tem sede de ficar mais.

Ambos lutam pela mudança no que nos dizem ser uma constituição, sempre vilipendiada pelo próprio supremo é sempre bom lembrar, para ficarem no poder com a adoção da reeleição. Que FHC um velho golpista quer acabar, isto é, para presidente, claro. E a reeleição foi uma de suas crias, e custou uma nota que ninguém imagina, mas dizem que custou uma bagatela de 200 mil dólares na época. Com os bilhões que viriam a ser surrupiados do petrolão, não deixa de ser mixaria, afinal os tucanos são, mais, digamos assim, além de progressistas, mais republicanos. Vai ver...Não vai dar certo, a própria assessoria do senado disse ser inconstitucional, mas essa gente em conluio com bandidos sabem das alianças nada constitucionais nem tampouco republicanas com o apoio dos tribunais superiores, claro sempre rendem frutos.

Maia parece que já jogou a toalha por causa do centrão que não vai abrir mão de um candidato à presidência da câmara apoiando uma agenda reformista de um governo  popular. Vai para o ostracismo e provavelmente terá dificuldades de reeleição para deputado dependendo da situação política em 2022. A esquerda a quem serviu não o salvará, afinal em terra de Murici, cada um por sí, diz um ditado popular. Se vier reeleição ele quer, mas o problema são seus pares na câmara. 

Já no senado, Alcolumbre tem muitos aliados, e este é o pior senado da nossa história. Aliás Alcolumbre subiu do ostracismo como uma forma de defenestrar a candidatura de Renan Calheiros, um velho conhecido bandido da nossa seara política. Está sendo pior do que Renan, aliás Renan, um corrupto sempre pragmático, tem sido um dos seus mais fiéis conselheiros. E este triste presidente do senado que não daria pra ser vereador em Catolé do Rocha faz a devida ponte entre a cleptocracia política e o supremo. Eles não mexem no supremo, o supremo não mexe com eles, que como Renan tem muitos processos dormitando nos escaninhos do STF e demais tribunais superiores, devidamente aparelhados pelo petismo e aliados. É gente de mãos dadas pela cumplicidade mafiosa, quem duvida?

Bem mas tem as redes sociais, que querem censurar. Hoje mesmo choveu protestos nas redes e a pressão vai aumentar, afinal o povo só quer que se cumpra a constituição é pedir demais? Mas fica a pergunta: Temos constituição?

Nenhum comentário:

Postar um comentário