A China lucrou e muito com seu vírus - Rafael Brasil

Paulo Guedes diz que tombo de 9,7% do PIB no 2º trimestre é o 'som de um  passado distante' | Economia | G1


A publicação do desempenho do PIB nos principais países do mundo mostra claramente quem se beneficiou como o vírus chinês. Óbvio ululante, a China.
O Brasil ficou um pouco abaixo dos Estados Unidos, e só não foi pior porque o governo fez um excelente programa livrando o povo e muitas empresas da fome e falência. Todos os países tiveram enormes quedas, mas a China cresceu e muito, cerca de 11%.
Muitos aqui comemoram, afinal são os mesmos que torciam pela queda do presidente, aproveitando-se da dita pandemia, mas o tiro saiu pela culatra. O presidente saiu muito mais popular, deixando os oposicionistas mais qo que atônitos, desesperados, se valendo do ativismo do STF para atrapalhar o governo.
E ademais o presidente estava certo, como muitos que criticaram o lockdown radical imposto pelos governadores e prefeitos com a chancela do famigerado STF podre porque esquerdista.
Hoje muitos países e povos questionam o fechamento quase total das atividades econômicas, quebrando as economias e isso em nada resolveu a expansão do contágio. E ainda proibiram o uso da cloroquina, que aliás sempre foi usada pelos chineses, que controlam a OMS que errou feio e ainda vem errando.
Aliás a OMS é controlada pelos chineses, e os mesmos tem uma política imperialista bastante agressiva em cima das sempre fragilizadas economias dos paises do chamado terceiro mundo.
No Brasil agentes do imperialismo chinês que passam pelos membros da oposição a setores miulitares tentam a todo custo vender o país aos chineses cujo principl problema é o sistema totalitário e suas pretensões imperiais de grande periculosidade.
Felizmante a eleição de Trump pode ser um fio de esperança, reforçando a intergação pan americana. Aliás o antiamericanismo sempre foi muito popular entre nossas elites, e quem lutou pela inegração inter continental foi Joaquim Nabuco quando embaixador nos States. Perdeu a briga, porque na época nossas elites priorizaram a Europa, mas estava certo.
Enfim temos que levar em conta que somos o celeiro do mundo, juntamente com os Estados Unidos. E a China com sua agressividade quer porque quer se apoderar da nossa jóia da coroa que é o agronegócio. Aliás foi o agronegócio que nos salvou, sendo o setor da economia que teve crescimento, pouco mas teve. Em síntese a China é que depende de países como o Brasil e é preciso muito cuidado com os mafiosos de plantão, daqui e claro da China, inescrupulosos por natureza.
E de vendilhões da pátria estamos cheios, além de imbecis que sempre bradaram contra o imperialismo norte americano, mas estes conhecemos, estão atrás das cátedras universitárias e nas militâncias da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário