Para desespero dos urubus, popularidade de Bolsonaro dispara - Rafael Brasil

Na conquista do Nordeste, Bolsonaro segue os passos do PT - Thaís ...



Para desespero dos urubus de plantão, que aliás não são poucos, depois da crise da gripe chinesa, a popularidade do presidente dispara. Que chorem urubus, do STF, da CUT, da CNBB, parte dos bispos comunistas, não a maioria, claro, dos professores sobretudo universitários comunistas, da grande mídia, enfim das chamadas classes pensantes do país que afinal nunca gostaram do povão.
Primeiro os urubus apostaram na ingovernabilidade, construindo narrativas de que presidente era chucro, ignorante e não saberia governar. Bolsonaro montou uma excelente equipe, sobretudo na área econômica e social. Aprovou a reforma da previdência em seis meses e sem ter maioria no congresso, a pasmem: com um grande apoio popular.
Esta ano estava preparada grandes reformas liberais, mas aí veio a crise da gripe chinesa. Os urubus tentaram derrubá-lo apostando na crise não só econômica mas social com a devida ajuda dos urubus de toga do STF, e com até traíras como Sérgio Moro que quer ser candidato a presidente. Tiraram os poderes do presidente que sempre insistiu, corretamente, que a crise da saúde não poderia ser dissociada da crise econômida advinda da paralização total da economia. Agora os governadores e prefeitos, que vão pagar a conta, afinal foram eles os culpados pela quebradeira de milhões de empregos nas pequenas e médias empresas que faliram.
Os urubus não esperavam o alcance dos programas emergenciais do ministro Paulo Guedes, que salvou a população mais pobre da fome e do desespero. O povo agradece, e compreendeu toda a situação, aliás é como bem diz nosso grande Olavo de Carvalho, o povo brasileiro está a anos luz dessas elites ditas pensantes. Elites de merda que sempre sugaram o estado, e ainda pregam o socialismo, a maior praga da era moderna e pós moderna. É essa gente que deve estar espumando de ódio, e ainda acusam o presidente e seus seguidores de o propagaram. Uns merdas, para dizer o mínimo.
Agora, enquanto escrevo e os ministros do STF conspiram, o presidente está fazendo a necessária articulação com o congresso em prol das reformas econômicas, e certamente terá sucesso afinal o Brasil precisa desde anteontem de liberalismo econômico. É isso aí. O povo é sábio e não entra mais em lorotas demagógicas esquerdistas, por essas e outras querem implementar coisas como a censura nas redes sociais.
Vamos acompanhar os acontecimentos e lutar por um Brasil mais próspero, e mais seguro para nossos filhos e netos, e definitivamente livre do esquerdismo dos mais rasteiros. Afinal ainda falta muito para botar estes urubus onde merecem, na lata de lixo da história, aliás onde sempre estiveram. Que Deus proteja o Brasil e o povo brasileiro!

2 comentários: