Enquanto a oposição conspira a agenda de refomas avança - Rafael Brasil

Bolsonaro diz que foi pressionado para demitir Paulo Guedes ...



Graças a Deus Paulo Guedes está prestigiadíssimo no governo, apesar da oposição invejosa e golpista, e de militares saudosistas do estatismo da era militar, e que se assemelha aos programas falidios da esquerda essencialmente.
Hoje mesmo o presidente numa live ressaltou o comando da economia com Paulo Guedes e sua agenda reformista, essencialmente liberal. E é de liberalismo que o país precisa, em poucas palavras de capitalismo, não o arremedo do mesmo que estamos acostumados a ver e o país indo cada vez mais ao buraco, da miséria, fome e desesperança. Afinal o maior entrave ao desenvolcviomento do capitalismo no país é ,o patrimonialismo estatal, onde o estado suga todas as energias da nação, privatizando o mesmo para grupos mais do que específicos, privilegiados. E esta crise deve servir para alavancar às reformas, Paulo Guedes está mais do que certo, e o governo também, para desespero de muitas cassandras que querem ver o país de ladeira abaixo para manter seus poderes e privilégios de sempre.
Semana que vem, mais especialmente terça feira, o governo manda ao congresso a proposta de reforma tributária, que muitos sempre falaram mas nunca fizeram. Afinal coimo diz o ministro o Brasil é um manicômio fiscal. E como disse certa vez o jurista e tributarista Ives Granda Martins, que ninguém entende a anarquia tributária no país, onde quem emprega e produz é penalizado e quem é rentista ou funcionário público é premiado, sobretudo as elites, os conhecidos e odiados marajás da república.
Depois vem a reforma administrativa, mas vamos ver as resistências do congresso, inclusive àqueles que se definem como liberais. Afinal a esquerda além de anacrônica luta pelo quanto pior melhor, seu norte é a fome e a miséria de sempre de países como a Venezuela, Cuba, e agora a Argentina que desce a ladeira.
Vamnos acompanhar os debates, e Paulo Guedes está disposto pra luta. Disse que só abandona o governi diante de uma guerra deslavada, ou mesmo o boicote total do congresso. Afinal temos um presidente honesto e um homem de bem, mas só honestidade não basta. E para desespero dos golpistas de sempre o Brasil vai dar certo, sobretudo para as próximas gerações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário