Autocratas do STF querem esculhambar democracia – Rafael Brasil





STF retoma nesta quarta (4) julgamento do habeas corpus de Lula ... 


Como sabemos , os membros do STF foram alçados aos seus cargos pelos piores corruptos da república, e o problema é que sempre foram co partícipes de quem os nomeou. O sistema corrupto da fictícia democracia brasileira, o que muitos chamam eufemisticamente de nossas instituições democráticas é na verdade uma extensa e complexa rede que mantém a cleptocracia nacional fundada desde o advento da nova república. Desde Sarney, passando por Fernando Collor e FHC, até a emergência do chamado lulo petismo. Uma mistura de uma canhestra social democracia com o esquerdismo puro, e que subverteu moral e financeiramente à nação.
Frustrada a ação golpista via parlamentar, arquitetada por gente como FHC e seguidores nas altas esferas da nossa chamada classe política, todos envolvidos nos mais escabrosos casos de corrupção sistêmica, diga-se de passagem, agora tentam patética e perigosamente pelo golpe via judiciário. E esta tentativa, dentre muitas, começa amanhã com a tentativa de cassação da chapa presidencial, o presidente e o vice, pelo TSE, sob a alegação, totalmente falsa e até ridícula de crimes eleitorais. Ora, se houve crimes eleitorais palpáveis foi da chapa derrotada, a da esquerda, como foi comprovado pela própria justiça.
As alegações são as mais estapafúrdias, como a utilização das redes para invadir contas de terceiros da oposição, que o presidente teria curtido. Um escândalo de sofisma jurídico, e dos mais baratos. E o pior: Os movedores da ação foram os partidos sustentabilidade da ex petista Marina Silva, e do ex candidato comunista, militante da subversão e da invasão de terras e propriedades, nada menos do que Guilherme Boulos.
Gente como Celso de Mello, Barroso, Alexandre de Moraes e tutti quanti, alegam defender a democracia contra os supostos arroubos de Bolsonaro, que tem respeitado até demais as chamadas regras do jogo da cleptocracia reinante. Alegam que as manifestações a favor do presidente foram de caráter anti democrático porque alguns grupos pregavam intervenção militar.
Ora, gente como Boulos e até a candidata derrotada a vice presidente Haddad, a tal de Manuela D’Ávila são comunistas de carteirinha, até porque nos estatutos dos seus partidos tem a democracia como valor instrumental, ou seja, usam a democracia que eles chamam de burguesa para se chegar ao comunismo, isso qualquer leitor dos mais reles manuais comunistas sabem. Portanto anti democratas são eles que nunca foram molestados por um mísero ministro do STF. Em poucas palavras, os comunistas podem ser antidemocráticos pois está no DNA do movimento, mas militantes direitistas não podem ter seus arroubos autoritários, ora essa.
Ne verdade estes membros do STF, mancomunados pelos defensores do status quo corrupto de sempre, na possibilidade das investigações contra a corrupção se aprofundarem, eles serão vítimas, afinal, são co participantes da cleptocracia. Elementar. Ou seja, em poucas palavras TODOS são bandidos, e temem justamente serem pegos, juntamente com as grandes quadrilhas a qual pertencem e sempre pertenceram, óbvio ululante.
Talvez não seja amanhã o dia da cassação, afinal os elementos são mais do que frágeis, e o presidente tem um forte apelo popular. Mas vão manter tudo cozinhando para depois darem o golpe. Afinal com provas e elementos mais do que frágeis, e até inexistentes, muitos temem um contra golpe dos militares, que estão desde há muito hesitantes, mas não deixariam o presidente cair deste jeito, em uma verdadeira pantomima. 
Aliás os militares estão muito pacientes, ou mesmo submissos a gente desse tipo. Já deviam ter aplicado o art. 142 da constituição aposentando todos esses meliantes, que no decorrer do tempo também seriam pegos por corrupção. Afinal quem não sabe que eles são partícipes deste gigantesco sistema criminoso que há décadas assalta à nação e sobretudo a esperança do povo? Ou se muda o STF ou eles acabam com o que resta de esperança do povo. Enfim o presidente e os militares precisam agir. Já é tarde mas ainda é tempo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário