Juizinho de merda e STF provocam militares - Rafael Brasil




O ministro Celso de Melo, o já popular juizinho de merda, provocou os militares no despacho que convoca os mesmos e a deputada Carla Zambeli, no caso Moro, com a devida chancela daquela corte sebosa que governa o país, e juntamente com o congresso age diuturnamente para destabilizar o governo.
Na convocação ou despacho afirma peremptoriamente que " comparecimento em até 05 (cinco) dias úteis, estarão sujeitas como qualquer cidadão, não importando o grau hierárquico que ostentem no âmbito da república, à condição coercitiva ou "DEBAIXO DE VARA" como a ela se referia o art. 95 do Código do Processo Criminal do Império de 1832, na LINHA DO QUE ESTABELECEU valioso precedente firmado pelo ,plenário so Supremo Tribunal Federal".
Esta mesma corte de merda, uma verdadeira quadrilha que soltou centenas de presos de colarinho branco e milhares no país, e é conivente com TODOS os corruptos da república como Renan Calheiros e Aécio Neves dentre outros, agora achincalha generais honestos numa clara provocação ao governo, o mais honesto da república.
O pior é que grande parte dos ministros, todos nomeados pelos governos mais corruptos da república estão envolvidos em escabrosos casos de corrupção e tráfico de influência a favor dos mais variados bandidos de alto calibre desta república de merda, onde juízes de merda por ora governam, em conluio do um congresso mais do que podre, odiado pela população porque apinhado de corruptos da pior espécie.
Se fosse um general não ía, aliás mandava um cabo e um soldado pra prender àqueles meliantes, todos traidores da pátria e da democracia. Enfim o Brasil precisa de uma ruptura, só o povo e o exército salvam o país.Só com uma intervenção popular com apoio do exército e uma nova constituição referendada pelo povo salva o país. Não há outro caminho.

Um comentário: