Golpistas do STF intervém pela ditadura Venezuelana - Rafael Brasil

Impeachment é a última opção", afirma ministro Barroso do STF | A ...



Agora os golpistas do STF, que governam o país, intervém da política externa brasileira, sustando o ato governamental que expulsou os diplomatas daquele país dominado pelo governo narcotraficante.
Tudo a pedido, claro, de um deputado comunista do PT Paulo Pimenta, aliás eles estão aliados no que existe de pior no país e também no exterior. Mais um absurdo, afinal Bolsonaro não governa mais.
Desta vez foi o ministro abortista Barroso, que agiu em conformidade com os membros do temível Foro de São Paulo, que congrega cerca de 200 partidos comunistas da América Latina, inclusive o grupo terrorista narcotraficante FARC da Colômbia, que já causou a morte de mais de 100 mil pessoas naquele país durante sua triste existência.
A embaixada venezuelana seria ocupada pelos integrantes da oposição Juan Guaidó, pois àquele país vive uma das piores ditaduras da história do continente, com a fome generalizada e a completa destruição da nação.
Realmente vivemos numa crise sem precedentes, com o STF realmente governando à nação. E os integrantes daquela instituição são bandidos contumazes, e estão com medo das investigações, são aliás inimputáveis. 
O que falta para completar o golpe? O que o presidente fará?
E esta gente pouco está se lixando para o povo. O que vai acontecer daqui pra frente? Eis a questão. Como derrubar no poder desta quadrilha, que sem desfaçatez e com  forças que conhecemos bem, luta para que o Brasil continue o paraíso dos ladrões sempre impunes? 
Só uma revolução popular derruba essa gente, porém o presidente está tranquilo, mas será que ele tem uma carta na manga? Esperemos, e que Deus proteja nosso país.

Um comentário:

  1. Bem estúpida, a matéria. Própria de quem fala do que não domina. Nada entende de diplomacia, mas quer dar pitaco

    ResponderExcluir