Bandidos do STF criminalizam apoiadores dee Bolsonaro - Rafael Brasil

Moraes vota para restringir foro privilegiado, mas discorda do ...

Nunca na história do país um presidente foi tão atacado, e diariamente, pelas forças do establishment podre que nos governa desde o advento da chamada nova república. É a oposição derrotada nas urnas, unida aos bandidos do STF que se tornou um puxadinho das organizações criminosas comandadas pelo PT  PSDB e aliados, e fazem de tudo para infernizar o governo e inviabilizá-lo, de todas as formas possíveis. Claro, com todo apoio da chamada classe acadêmica e da mídia esquerdista que perdeu muito dinheiro em verbas oficiais que a ORCRIM petista e aliados proporcionavam. Os ataques vem de todos os lados e são incessantes.
Ontem foram expedidos mandatos de busca e apreensão em 29 casas de apoiadores de Bolsonaro, mais notadamente deputados e integrantes da mídia independente, sob a alegação de promoverem fake news contra o que chamam de instituições democráticas como o famigerado STF.
Em poucas palavras, o STF se acha acima de todos nós mortais, e incriticável. Esculhambar com Jesus como fez o saite porta dos fundos pode, falar mal dos bandidos do STF não. Essa é a "democracia" que a clepocracia quer, afinal.
José Dirceu, que aliás foi chefe do meliante Dias Toffoli, que por ora comanda o STF, que devia estar preso, posto que pegoui 30 anos de cadeia, continuia solto pelo próprio STF, covil de bandidos, e conspiranmdo contra o governo diuturnamente. Ele disse que vão retomar o poder, não pelo voto, mas pelo STF e congêneres. Afinal o golpe parlamentar orquestrado por FHC pifou, agora o que resta é via STF, e puxadinhos.
Com esta ficção de fake news, o que querem mesmo, e provavelmente vão conseguir é censurar à internet, que aliás foi a responsávcel pela eleição do presidente e da quebra da hegemonia da cleptocracia encastelada no estado, sobretudo no judiciário e no congresso, inconformadas com a falta de propinas privilégios e de negociatas incesssantes com o estado bandido de sempre.
Semana que vem vão votar uma lei no senado, votação virtual, para censurar às redes e devolver o monopólio da informação para os órgãos tradicioinais da imprensa que hoje perdem feio em audiência para a imprensa independente da internet.
Como sempre digo, só a pressão popular muda o estado de coisas, e o povo ainda está mobilizado. Aliás só o povo cercando Brasília, e acampando lá por muitos dias, promovendo fatos similares à primevera árabe, e promovendo uma radical reforma constitucional democrática e republicana para o renascimento do Brasil. Ou se muda à constituição ou ficaremos sempre reféns de bandidos de todos os naipes, sobretudo os da alta toga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário