Tá chegando a hora de demitir Mandetta. - Rafael Brasil

Mandetta defende discurso unificado do governo sobre o coronavírus ...



O problema principal do governo Bolsonaro nem é mais a esquerda, que está na dela, querendo sobreviver apostando no caos social. O principal problema é o chamado centrão, e dentre esta turba de bandidos das mais variadas espécies, estão os integrantes do DEM, antigo PFL, e aliado de todos que insistem na manutenção da velha política que o povo foi veementemente contra na eleição presidencial. É a turma do velho loteamento político do estado, privatizando-o para grupos de interesses os mais escusos.
E dentre os integrantes desta malfadada sigla, que se autodenominava liberal e atrapalha todas as pautas liberais do governo, estão os traíras, espécie mais nefasta da política e ademais, tudo o mais. 
Afinal, é como dizia Nélson Rodrigues, o inimigo é o que nunca trai. E dentre estes traíras, estão figuras como Dória, Witzel, e outros que se elegerem nas costas de Bolsonaro, e até integrantes da direita, digamos histórica, como Ronaldo Caiado.
E foi justamente um indicado de Ronaldo Caiado, o ministro da saúde Mandetta, que só ficou conhecido depois da pandemia, que veio uma das maiores torrentes de traição ao governo. Afinal, desde o começo da pandemia, ele fez o jogo sujo dos governadores para afundar a economia propondo, ao contrário do governo e seu principal aliado Osmar Terra, o confinamento dito horizontal, ou seja, a paralização completa da economia, deixando o povo na maior crise jamais vista no país, sobretudo os pequenos empresários e os milhões que vivem na informalidade, que são os que mais sofrem com a fome e a miséria.
Agora, tudo indica que o vírus chinês está arrefecendo, e convenhamos, a grande maioria dois municípios e estados do país não foram afetados, e as previsões catastrofistas da mídia e desses setores golpistas estão caindo por terra. Felizmente o número de mortes está ficando bem abaixo destas previsões, e parece que os casos estão caindo, assim como a política defendida por essa gente, do confinamento total.
Em outras palavras, Osmar  Terra estava certo, afinal está provado que a política de confinamento total está mais do que equivocada. Países como a França, e  Espanha, duramente atingidos pela pandemia estão flexibilizando a quarentena, afinal, suas economias estão em frangalhos.
Já países que fizeram um confinamento seletivo, ou vertical no linguajar dos técnicos, se deram melhor, como a Coréia do Sul, Japão, ou mesmo a Suécia, só para ficarmos nestes exemplos.
Mandetta, que confrontou ferozmente o governo, sobretudo em uma entrevista no fantástico da globo, certamente está errado, assim como os torcedores do vírus chinês, a turma do quanto pior melhor. Tá na hora de ser fritado e posto rapidamente na rua, e no ostracismo dos traidores.
Ponto para Osmar Terra, que está com a razão, com o povo e com o governo, afinal, até a esquerda está torcendo pelo agravamento da pandemia e da economia, e está abertamente com Mandetta. 
Que se fodam, e que viva o povo brasileiro. Que Deus nos proteja dessa gente, e que o governo tenha mais cuidado com os traíras.  E que Deus proteja o povo brasileiro, enfim, Sairemos desta mais fortes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário