PSOL O PARTIDO DA BANDIDAGEM - RAFAEL BRASIL

Resultado de imagem para DEPUTADO DO PSOL QUE INSULTOU MORO HOJE


Quando o ex deputado Roberto Jefferson foi preso ele disse que na cadeia só tinha duas organizações que funcionavam de certa forma. A igreja universal do bispo Edir Macedo, a evangelizar os presos e o PSOL defendendo-os. 
O PSOL um partideco, puxadinho do PT, mistura algo parecido com marxismo leninismo, trotskismo dos mais fulêiros, e a agenda da chamada nova esquerda, que é a defesa das chamadas minorias, da liberação total das drogas e , claro, na proteção de bandidos de toda espécie, considerados elementos proto revolucionários. Em suma, o lumpemproletariado, os elementos sem classe, no dizer de Hannah Arendt.
Os comunistas tradicionais, como Lênin , Trotski e tutti quanti, desdenhavam o lumpesinato como elementos contra revolucionários, portanto fora do movimento. Só na década de 60, quando a esquerda viu que o proletariado tinha melhorado significativamente de vida com a social democracia e o estado de bem estar social, portanto não eram mais potenciais revolucionários, é que gente como um dos seguidores da escola de Frankfurt, como Hebert Marcuse, passariam a considerar a marginalidade como elementos potencialmente revolucionários.
Diante dessa novidade, a esquerda brasileira ensinou as formas organizacionais que viriam a se tornar as organizações criminosas como o PCC , comando vermelho e outros. No presídio da Ilha Grande, na década de 70 este trabalho pedagógico dos presos políticos surtiu efeito, como sabemos. E esta união ainda continua, pelo menos implicitamente.
Portanto o PSOL é um partido de bandidos mesmo. Não é a toa que o deputado Glauber Braga xingou, e não foi a primeira vez, o ministro Sérgio Moro de bandido e quadrilheiro. Devia ser cassado, mas quem votou num traste desses? Eis a questão. O pior é que a mídia só chama a direita de radical, aliás esta quase inexistente. Tacham a direita que votou em Bolsonaro de radical, justamente ela que joga, e bonito,  o jogo democrático. Já a esquerda a mídia também esquerdista e desinformante, nunca chama de radical.
Aliás no petismo também tem de tudo, e estes partidos deviam mesmo ser proscritos, mas isso é outra história. Na verdade a esquerda é profundamente autoritária, e pior: Totalitária. Mas isso a mídia não diz, afinal é composta de militantes, formados pelas universidades ocupadas pelas esquerda há décadas desde mo regime militar. Tem que ser combatidas, sempre. E devidamente desmascaradas, para o bem do país.

Um comentário:

  1. POR QUE VOCÊ SÓ ATACA OS PARTIDOS DE ESQUERDA ? SE VOCÊ SABE QUE O ATUAL GOVERNO ESTÁ RECHEADO DE BANDIDOS ,FASCISTAS E NAZISTAS

    ResponderExcluir