Lula, o corrupto, perdeu o controle sobre seu futuro eleitoral Com Blog do Josias - UOL


Lula, o corrupto, perdeu o controle sobre seu futuro eleitoral

Com Blog do Josias - UOL


Lula prevê que viverá dias turbulentos. Indiciado pela Polícia Federal sob a acusação de receber R$ 2,4 milhões em “vantagens ilícitas” da empreiteira OAS, ele dá de barato que será denunciado pela força-tarefa da Lava Jato. De passagem por Brasília, nesta sexta-feira, disse a um amigo não ter dúvidas de que o juiz Sérgio Moro acatará a denúncia, convertendo-o em réu. Em conversa com o blog, o amigo de Lula resumiu assim o drama que o atormenta: “Ele está deixando de ser dono do seu destino político, a situação foge do seu controle.”
Após reunir-se com Dilma Rousseff no Palácio da Alvorada, Lula conversou com um grupo de senadores petistas no hangar em que tomaria o jatinho de volta para São Paulo. Foram encontrá-lo, Jorge Viana (AC), Humberto Costa (PE), Paulo Rocha (PA) e José Pimentel (CE). Na definição de um dos congressistas, a notícia sobre o indiciamento deixou Lula “baqueado”. Ele estranhou que a divulgação tenha ocorrido às vésperas da deposição de Dilma. Exergou na novidade uma motivação política. Irritou-se com a inclusão de sua mulher, Marisa Letícia, no rol de indiciados.
As críticas de Lula à ação da Polícia Federal ecoaram uma nota divulgada por seus advogados. Nela, os doutores Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira repudiaram as acusações do delegado federal Márcio Adriano Anselmo, responsável pelo inquérito sobre o tríplex do Guarujá. Eles repisaram o argumento segundo o qual o imóvel não pertence a Lula, mas à própria OAS. Anotaram que o relatório do delegado tem “caráter e conotação políticos”. Apelidaram-no de “peça de ficção.”
Reprodução
Trecho do relatório de indiciamento de Lula e sua mulher Marisa: R$ 2,4 milhões em 'vantagens ilícitas'
A guerra retórica que Lula e seus defensores declararam à Polícia Federal está crivada de ironias. O morubixaba do PT sempre se vangloriou da autonomia que a polícia adquiriu durante o seu governo. Em dezembro de 2014, discursando numa homenagem ao ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, que havia morrido, Lula enalteceu a transformação que o amigo produzira no Departamento de Polícia Federal.
Sob o comando de Thomaz Bastos, “a ação da Polícia Federal alcançou indistintamente ministros e ex-ministros, prefeitos e deputados de diversos partidos, inclusive dos que apoiavam o governo”, dircursou Lula. Nessa época, ele trazia os lábios grudados no trombone: “O braço da lei, por meio da polícia judiciária, passou a alcançar os ricos e poderosos.” Alvejado, Lula parece lamenter que a PF tenha ampliado seu raio de ação para o nível presidencial.
Correm na ‘República de Curitiba’ pelo menos mais dois inquéritos contra o pajé do PT. Um deles, já em estágio avançado, envolve o sítio de Atibaia, usado por Lula e reformado por um consórcio informal que incluiu uma empresa do companheiro-pecuarista José Carlos Bumlai a Odebrecht e a OAS. É contra esse pano de fundo que o amigo de Lula disse que ele “está deixando de ser dono do seu destino político.” Ele continua insinuando que, se o perturbarem muito, disputará novamente o Planalto. O problema é que seus direitos políticos passaram a depender da Justiça.
Se Lula for condenado em segunda instância, ficará inelegível por oito anos. Ou seja: o controle sobre o futuro eleitoral da única liderança nacional do PT foi transferido para a mesa de Sérgio Moro e para o Tribunal Regional Federal da 4a. Região, que julga em segundo grau os recursos movidos contra sentenças do juiz da Lava Jato.

Um comentário:

  1. Todos os dias saem ´notícias de diversas formas e sentidos diversos.Tudo não passa de uma brincadeira e de mostrar ao mundo o golpe que os senadores estão dando na DEMOCRACIA BRASILEIRA.

    Quem nos roubam realmente são os que já aprovaram os salários deles de R$ 12.748,00 para os atuais R$ 33.193,00.E efeitos cascatas?

    Foi em 2010 que os golpistas deram um aumento de R$ 10.000,00. Em 2014 mais uma aumento de R$ 7.000,00 .Em 2016 de R$ 6.230,00. E o salário mínimo ó,apenas em 13 anos de R$ 680,00.

    Golpistas Senadores do Brasil,a presidente Dilma hoje ganha apenas R$ 27.841,00.Quem são os ratos do Brasil? Os Deputados Federais e Senadores ou a Presidente Dilma?

    ResponderExcluir