TEMER SINALIZA COM PRIVATIZAÇÕES: BOM SINAL - RAFAEL BRASIL



Temer sinalizou positivamente com o mercado, que é basicamente os agentes econômicos, ou seja, quem trabalha e produz. E a questão das privatizações há cerca de cinquenta anos não é uma questão ideológica, mas simplesmente lógica. Empresas privadas num sistema estável de competição funcionam melhor. Cabe ao estado garantir as regras da competição, e as questões morais e éticas, que são o patrimônio da sociedade de tradição ocidental e cristã. Alguém tem algo melhor?
Temos que privatizar o que restou de bancos estatais, assim como da petrobrás e tutti quanti. O Brasil precisa urgentemente melhorar sua infraestrutura. Precisamos de portos, aeroportos, hidrovias, ferrovias e estradas decentes. O estado não faz nem deixa fazer. Até a educação precisa ser desestatizada. As escolas públicas entregues a conselhos comunitários, e recebendo recursos por desempenho, e competindo sadiamente com todas as demais. Os professores seriam contratados no mercado livre. Alunos pobres receberiam bolsas, em caso de desempenho nas melhores escolas privadas. Consequentemente as escolas iriam disputar os melhores professores do mercado. Quem fosse ruim naturalmente sobraria.
Porém, o corporativismo é grande e isso é assunto para o futuro. Mas no geral a sociedade precisa ter alternativas ao estatismo que sempre foi um anacronismo para o país. Uma burocracia de lascar, e a idéia de que o estado e sua elite burocrática vai melhorar a vida do povo. Uma lástima, assim precisamos de uma verdadeira revolução cultural. Certamente só assim sairemos do buraco, construindo um país rico e próspero para as próximas gerações. A nossa será lembrada como a geração da imbecilidade. Quem duvida?

Nenhum comentário:

Postar um comentário