Lula é o próximo?Enquanto marqueteiro do PT é algemado, "chefe" fracassa em afastar promotor Conserino - FELIPE MOURA BRASIL


Por: Felipe Moura Brasil  
1) A maior prova de que a propaganda do PT é caso de polícia está na foto histórica de Geraldo Bubniak publicada pelo jornal O Globo:
Joao-SAntana
Algemados, o marqueteiro do PT João Santana e sua esposa, Mônica Moura, são levados para a sede da PF em Curitiba
Este blog acrescenta um breve vídeo da cena:
O PSDB ainda formalizou o pedido ao TSE para que provas da Operação Acarajé, que prendeu Santana e Moura, sejam incluídas na ação que pede a cassação dos mandatos eletivos da suposta presidente Dilma Rousseff e do suposto vice Michel Temer.
Os tucanos argumentam que são “públicos e notórios” os fatos que apontam para uma arrecadação irregular da campanha à reeleição.
Lembrando, de repente, que é “oposição”, o senador Aécio Neves também convocou militantes e simpatizantes para o ato de 13 de março contra Dilma:
“Conclamamos os nossos companheiros em todas as regiões do País para que se façam presentes nesse momento de profundo agravamento da crise política, econômica, social e moral que vem devastando o Brasil”.
2) Outra vitória do país nesta terça-feira foi o fracasso de Lula em afastar o promotor de Justiça Cássio Conserino do inquérito que apura a investigação criminal sobre a propriedade de um tríplex em Guarujá (SP) reformado para o ex-presidente e a ex-primeira-dama, Marisa Letícia.
Por unanimidade, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) deu aval à atuação de Conserino, designado em 2015 pelo procurador-geral de Justiça de São Paulo, Márcio Elias Rosa, por meio da portaria 10.941/2015, para auxiliar o promotor natural José Carlos Blat nos desdobramentos do caso Bancoop.
MPF COnserino
Este blog avisou em vídeo (reproduzido abaixo) que era de se esperar do CNMP a derrubada da liminar de Válter Araújo, indicado no ano passado ao Conselho pelo STF petista, com a bênção de Ricardo Lewandowski, amigão da família Lula.
Confrontado com os fatos, Araújo foi obrigado a reconhecer que Conserino conduz o caso respaldado por decisão de Elias Rosa e a votar pelo arquivamento do pedido para instauração de procedimento disciplinar contra o promotor.
Conserino antecipou à VEJA que colheu indícios suficientes para denunciar Lula por ocultação de patrimônio.
Depois da prisão do marqueteiro do PT, a questão que fica para os 61% de brasileiros que não votariam no ex-presidente de jeito nenhum é:
Lula é o próximo?
Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Nenhum comentário:

Postar um comentário