João Santana recebeu 4,5 milhões de dólares do operador da BrasFELS, Zwi Skornicki.
Segundo a Folha de S. Paulo, a mulher de João Santana, Monica Moura, disse à Lava Jato que o operador pagou clandestinamente a campanha eleitoral do presidente de Angola, José Eduardo dos Santos.
Vale a pena rever o depoimento de João Santana sobre a campanha angolana, porque é verdadeiramente cômico ("Todos os impostos foram pagos; repito, todos os impostos foram pagos"):

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem