Dirceu e Delúbio intercederam em empréstimo a amigo de Lula, dizem executivos da Schahin


MP vê influência do Partido dos Trabalhadores na obtenção de empréstimo de R$12 milhões a Bumlai

Por: Reinaldo Azevedo  
Por Fausto Macedo, no Estadão:
Dois executivos ligados ao Grupo Schahin relataram, em delação premiada, a influência do ex-ministro da Casal Civil José Dirceu (Governo Lula) e ao ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares em empréstimos ao empresário e pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Bumlai foi preso em Brasília nesta segunda-feira, 23, na Operação Passe Livre, 21ª fase da Lava Jato.
O ex-presidente do Banco Schahin Sandro Tordin afirmou em delação premiada que o ex-ministro Dirceu e Delúbio “influíram na agilização da liberação” de empréstimos a Bumlai. Os valores emprestados teriam como destino final os cofres do partido e de campanhas eleitorais, entre elas a reeleição do ex-presidente Lula, em 2006, suspeitam os investigadores. (…)

Nenhum comentário:

Postar um comentário