Lula acusou o golpe - COM O ANTAGONISTA


Dois delatores entregaram Lula na última semana.
O primeiro, Eduardo Musa, disse à Lava Jato que a campanha presidencial de 2006 foi paga com dinheiro roubado da Petrobras, por meio do contrato fraudado do navio-sonda Vitória 10.000.
O segundo, Fernando Baiano, detalhou o lobby de Lula na Sete Brasil, a favor do estaleiro de Eike Batista, e provou os pagamentos ao seu parceiro José Carlos Bumlai.
Lula acusou o golpe.
Ontem à noite, em Salvador, num evento organizado pelo PT, ele disse:
"Peço que fiquem atentos porque estamos vivendo um momento excepcional em que um cidadão é preso e tem a promessa de ser solto se ele delatar alguém. Aí ele passa a delatar até a mãe, se for o caso”.
E arrematou:
"O dado concreto que estamos vivendo quase de um Estado de exceção".
Lula tem razão: a Lava Jato é uma exceção.
A maior exceção da história do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário