Marco Antonio Villa: 'Vivemos uma crise sem precedentes'


NÃO HÁ COMO COMPARAR A CRISE VIVIDA ATUALMENTE NO BRASIL COM AS CRISES PROVOCADAS PELA RENÚNCIA DE JÂNIO QUADROS, EM 1961, E A DE FERNANDO COLLOR DE MELLO, EM 1992", ANALISA O HISTORIADOR MARCO ANTONIO VILLA. ASSISTA AO 'AQUI ENTRE NÓS', COM AUGUSTO NUNES.



Nenhum comentário:

Postar um comentário