TVEJA: O ministro Ayres Britto, que presidiu o julgamento do mensalão, analisa o Petrolão e diz que “vem aí um maremoto”

TVEJA: O ministro Ayres Britto, que presidiu o julgamento do mensalão, analisa o Petrolão e diz que “vem aí um maremoto”

Joice Hasselmann e o editor executivo do site de VEJA, Carlos Graieb (dir.), entrevistando o ex-presidente do Supremo (Foto: Reprodução TVEJA)
Joice Hasselmann e o editor executivo do site de VEJA, Carlos Graieb (dir.), entrevistando o ex-presidente do Supremo (Foto: Reprodução TVEJA)
Esta é a primeira parte da entrevista concedida a TVEJA pelo jurista Carlos Ayres Britto, ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal e ex-presidente da Corte durante boa parte do julgamento do processo do mensalão.
Ayres Britto foi quem deu cores definitivas à gravidade do mensalão quando, em sessão do Supremo, considerou o caso “uma tentativa de golpe de Estado branco”, por se tratar de o Executivo procurar controlar o Congresso pela via da corrupção — e com dinheiro público envolvido.
Nesta primeira parte da entrevista, o ministro analisa a gravidade do caso de corrupção sendo apurado na Petrobras e que se destinava a desviar dinheiro para o caixa de partidos que integram a base parlamentar do governo.
O VÍDEO:

Nenhum comentário:

Postar um comentário