ENERGIA

Importação de óleo da Opep pelos EUA é a menor em 30 anos

A exploração do gás de xisto permitiu aos EUA reduzir sua dependência do petróleo dos países da Opep ao menor nível em quase 30 anos. Embora continue sendo o segundo maior importador do cartel (atrás apenas da China), o país cortou para 40% a participação do óleo desses grandes produtores no seu consumo. No pico, em 1976, as compras representavam 88%.
Os EUA produzem hoje 9 milhões de barris diários, nível mais alto desde meados dos anos 1980. Isso permitiu que a importação de petróleo da Opep caísse para 2,9 milhões de barris diários.
A cotação do produto acompanha o comportamento americano. Desde junho, o preço do barril de petróleo Brent caiu 34%, para algo em torno de US$ 80.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem