sexta-feira, outubro 18, 2013

COLUNA DE CLAUDIO HUMBERTO

“Dois anos fazendo campanha. Cadê governo?”

José Serra (PSDB), ao criticar o desempenho que considera fraco do governo Dilma



JOSUÉ NO PMDB É OPÇÃO PARA VICE DE LULA EM 2014

O ex-presidente Lula jura que não quer, mas se prepara discretamente para a eventual “necessidade” de substituir a presidente Dilma, na campanha de 2014. Um grande indício é a filiação ao PMDB de Josué Gomes, filho do ex-vice-presidente José Alencar. Lula havia segredado a amigos íntimos que, “na hipótese remota” de voltar a disputar o Planalto, gostaria de ter o jovem empresário como alternativa para vice.

CARA NOVA

Lula manterá a aliança com o PMDB, após Eduardo Campos (PSB), seu ex-xodó, unir-se a Marina. E quer “cara nova” como vice: Josué.

MAIS DO MESMO

Lula sempre escolhe alguém para o PMDB fingir que indicou. Caso assuma a candidatura, deve fazer o mesmo com Josué Gomes.

PAULISTA, MEU

Josué pouco sabe sobre Minas, onde escolheu não viver. Foi a BH assinar a ficha de filiação ao PMDB e voltou a São Paulo, onde reside.

NEM AÍ

A filiação de Josué ao PMDB foi seu primeiro e último contato com o partido. Escafedeu-se. Está à espera de uma “convocação” de Lula.

PF JÁ NÃO AGUENTA CAPRICHOS DE MARIA DO ROSÁRIO

Fonte da Polícia Federal revelou ontem que a corporação anda farta dos caprichos da ministra da Secretaria de Direitos Humanos. Maria do Rosário parece gostar de se sentir poderosa, acionando e ocupando delegados e agentes em investigações bizarras. Foi dela a “denúncia” de que a oposição espalhara o boato sobre o calote ao Bolsa Família, e a PF concluiu depois que a responsabilidade fora da própria Caixa. 

ELA TEM O PODER

Desta vez, Maria do Rosário fez o ministro da Justiça acionar a PF para intimidar um blogueiro que atribui a ela declarações que não fez.

SAI DE BAIXO

A presidente Dilma subiu nas tamancas com a história, inverídica, de que Maria do Rosário criticara o PM paulista filmado frustrando um assalto à bala.

DO OUTRO MUNDO

E o PT, quem diria, virou vidraça, privatizando o campo de Libra da Petrobras. Pelo menos ele não será dos yankees, mas dos chineses.

EMPREITEIRA VERDE 

Sem alarde, cumprindo prazos e poupando cofres públicos, o Exército toca 23 obras para o governo: aeroporto de Guarulhos (SP), portos no Amazonas e em Santa Catarina, abertura de poços e recuperação de estradas no Nordeste. Na transposição do São Francisco foi nota 10.

CAMISA DE FORÇA NELE

Às vezes xingado de “louco de pedra”, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) ontem resolveu bajular os “black blocs” – aqueles que as utilizam como artefatos para ferir pessoas e depredar o patrimônio alheio.

NEM TE CONHEÇO

O senador José Agripino tem mais um motivo para se descolar da governadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN), que ultrapassa 80% de rejeição entre potiguares: quer reeleger o filho, deputado Felipe Maia. 

FAÇA O QUE DIGO

Da boca para fora, Manuela D’Ávila (RS) critica doações eleitorais de concessionárias ou permissionárias. Mas o PCdoB aceitou R$ 250 mil da empreiteira OAS para sua campanha à prefeitura da cidade Porto Alegre.

POLUIÇÃO VISUAL

Na contramão da minirreforma política, que promete diminuir gastos de campanha, o PTB apresentou emenda para acabar com a proibição, prevista na legislação, de propaganda eleitoral em outdoors.

IGUERRILHA

Críticos selvagens do “capitalismo”, os arruaceiros do Black Bloc ainda não se manifestaram sobre os 
R$ 39,90 que a loja virtual do PT cobra por uma capa para iPhone com o rosto do “resistente” Che Guevara.

CUSTO ‘BRAZIL’

Jornais ingleses fazem a conta da despesa dos torcedores locais na Copa de 2014: o equivalente a R$ 30 mil. O preço cai um pouco se optarem por “hostels” nas favelas “pacificadas”. Isso não vai dar certo...

ASSUNTO CONFIDENCIAL

Estão a sete chaves as revelações do senador boliviano Roger Pinto aos deputados Jair Bolsonaro (PP-RJ), Marco Feliciano (PSC-SP) e ao senador Sérgio “Petecão” (PSD-AC), sobre o envolvimento da Bolívia com narcotráfico, que o obrigou a pedir asilo ao Brasil.

PENSANDO BEM...

...leitores que não leiam nem biografias desautorizadas serão o maior castigo para artistas que só aceitam “biografias autorizadas” por eles.

PODER SEM PUDOR


UM BARÃO NO PCDOB

Eram deputados na mesma época, no início dos anos 90, e tinham em comum apenas o fato de residirem no mesmo prédio, em Brasília. O direitista Cunha Bueno (PP-SP), monarquista fanático, e Haroldo Lima (BA), barulhento esquerdista da Câmara. Numa rara conversa entre eles, Lima revelou um segredo: “meu avô era barão”. Bueno gargalhou:

- Então estamos conversados: quando a monarquia for restabelecida no Brasil, você voltará a ser chamado de barão. Barão Vermelho!

Nenhum comentário:

Postar um comentário