DISCURSO COMPETENTE - RAFAEL BRASIL


O programa na televisão do PSB, foi competente, mostrando que Eduardo pode montar um discurso que seja alternativo ao petismo. Claro, não deixa o figurino, digamos, social-democrata, nem toca na questão chave que é a abertura econômica e uma total e irrestrita reforma do estado. Todavia, Eduardo toca na questão federativa, o que é um tema interessante, pois temos, desde o varguismo, uma federação de mentirinha. O que vemos é um recrudescimento do poder central, diante de cidadãos , estados e municípios, passando pela ditadura, até os governos eleitos democraticamente. Porém, o que todo mundo tem medo é de defender publicamente as privatizações e a reforma do estado, incluindo um novo pacto federativo. Em, outras palavras, como melhor adequar o país para o capitalismo globalizado, onde o dinamismo das inovações tecnológicas vem sendo cada vez mais imperativo. Como diria o velho Marx, este estado é um verdadeiro empecilho para o efetivo desenvolvimento das forças produtivas do país. Precisamos de capitalismo. Isto também os chamados social-democratas tupiniquins sabem, mas não assumem.
Porém, o problema mesmo é a falta de um forte partido liberal, ou movimento similar.  É bom lembrar que, apesar da abertura de Fernando Henrique, foi aumentada significativamente a carga tributária durante o seu governo. O ex presidente sempre foi um social-democrata, nunca um liberal. Eduardo, pode ser o agente desta abertura, isto se realmente quer ser um grande presidente. A resposta para tudo é a velha política. E Eduardo, além de saber o caminho das pedras, tem vontade de poder. Creio que vai apostar no rompimento com o governo, mantendo sua candidatura.
Se o governo Dilma der sinais até as eleições que está destruindo a economia, este discurso pode dar certo, e Eduardo tornar-se uma real alternativa de poder. Se não, Dilma se reelege, e vai ser um enorme retrocesso econômico, político e, por que não, institucional no país? Afinal, este pessoal não vai entregar o poder assim tão fácil. Porém, com o desgoverno à vista, vão ser defenestrados pelo povo, como convém à democracia. Aí é que será contada a história do lulo petismo.

RENAN MOSTRA A QUE VEIO

O presidente do senado Renan Calheiros, já mostrou a que veio. Andou criticando o judiciário por o mesmo ter acatado uma liminar favorável às oposições, na questão da formação dos novos partidos. Como um cão de guarda dos interesses petistas, ele esbravejou diante das câmeras de televisão contra o judiciário. Logo ele um corrupto contumaz. É o Brasil. O congresso está sendo comandado por meliantes, com processos na justiça e o escambau. Dilma, para se eleger num hipotético primeiro turno, tenta, por todos os meios, afastar, ou pelo menos colocar mais dificuldades institucionais, contra seus prováveis concorrentes. Eduardo que se cuide. A stalinista com seus comparsas vão cair em peso em cima de sua candidatura. Aliás, já estão. Quem duvida?

2 comentários:

  1. Um absurdo o Congresso querer limitar as decisões do Judiciário. Tem jeito mais não para esse Brasil :(
    Como você bem falou tio...meliantes! Uma pena que o povo não entenda o que está acontecendo (ou não queira) e a gravidade disso. E é assim que eles querem que continue...
    Natália

    ResponderExcluir
  2. Gostei do comentário Natália. Estas pessoas estão enterrando o Brasil de vocês. Haja ignorância e atraso político e ideológico. Nunca checamos aonde estamos. Nem nos tempos da ditadura, que os petistas querem também implantar, só que pior: de esquerda. As de direita, como diria Roberto Campos, são. digamos, mais biodegradáveis. Pr´[em, nenhuma delas presta. Rafael Brasil.

    ResponderExcluir