CORONELISMO EM CAETÉS



Nem começou a campanha, a prefeitura da cidade já começa a fazer das suas. Como a grande maioria dos funcionários são contratados, e devidamente amarrados no cabresto político, estão dando ordens para que todos estes "funcionários" serão obrigados a comparecer a convenção que vai indicar os candidatos situacionistas. Ainda mais: cada "convidado" deverá trazer pelo menos quatro pessoas. É assim que se pratica a "democracia" na cidade. Porém, felizmente, o povo está atento e muitos abrem a boca. É uma vergonha! Mas cadê a justiça?

Um comentário:

  1. Dona Emilia Pessoa é uma delas na Saúde, pois embora não figure oficialmente, é a manda-chuva da saúde em Caetés. Vota povo nessas trepeças!

    ResponderExcluir