Quando se fala nesta doença todo mundo fica meio arrepiado, pois durante muito tempo foi associada à morte. Sobretudo antigamente, quando o progresso na medicina era , para os padrões de hoje, primitivos. Quando era detectada, a doença já estava em estado terminal. Hoje, é muito comum pessoas se tratarem e viverem por um bom tempo ainda, mesmo convivendo com a doença. O câncer de Lula deve ser curável, vamos ver o desenrolar dos acontecimentos. Espero que seja, pois, apesar de tudo, muitos brasileiros ainda o amam. Mas pelo menos o ex presidente nos poupará de ouvir muitas besteiras, como a de que a saúde no Brasil é excelente. Se fosse, o presidente deveria se tratar no SUS. Meu sogro, um senhor de setenta anos, camponês desde a meninice, está tratando de um câncer linfático, e para fazer o exame de biópsia em Recife, realizou pelo menos sete viagens à capital. Atualmente faz tratamento em Garanhuns. Seria interessante o presidente refletir muito sobre o sofrimento do povo que  diz tanto amar. Como até as pedras sabem, centenas morrem em filas de hospital, e médicos realizam quase diariamente a eutanásia  sobretudo pela falta de leitos. Mas que deus proteja o ex presidente, e que ele volte logo à política. Mais humilde, de preferência, afinal, graças a Deus, os mitos também morrem. E uma boa dose de humildade não faz mal a ninguém.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem