STF, o comitê central da bandidagem nacional - Rafael Brasil

 

Jeito de bandido, cara de bandido.


Há tempos que o STF é o maior fator de instabilidade democrática no país, isso até as pedras sabem. É o politiburo da cleptocracia nacional ou seja o sistema corrupto que mantém nossa república de joelhos aos mandantes de sempre, sejam os agentes do estado, sejam seus apaniguados, desde empresários até os meios de comunicação. É o que chamam de sistema, a vanguarda na nossa asquerosa nomenklatura que mantém o povo sob permanente escravidão. E todo sistema aparelhado pelos comunistas, afinal são eles que dominam completamente a educação e a cultura. Desde as escolinhas dos grotões às universidades, verdadeira fábricas de militantes.

Toda semana nos deparamos com decisões mais do que esdrúxulas, como a soltura dos piores bandidos e traficantes, e agora com a gripe chinesa, aos milhares. O povo atordoado e preso em casa, seja pelos tiranetes de plantão como prefeitos e governadores, agentes da opressão, seja da bandidagem sempre livre leve e solta.

Agora com a libertação total  de Lula, com a posssibilidade de ele ser candidato, posto que deixou de ser ficha suja, e o desmonte da lava jato, a bandidagem faz a festa, tornando difícil e até vergonhoso ser honesto.

Como diria Lênin o quê fazer? Só tem uma saída plausível para pacificar à nação mais do que aturdida, indignada com todo este lamaçal. É a adoção do art. 142 da constituição com a utilização do supérior tribunal militar, botando toda a cambada do STF pra fora, e quiçá na cadeia. Mas os milicos se calam, seja por omissão criminosa ou covardia.

O presidente que não governa está de mãos atadas até parece uma rainha da Inglaterra, claro sem a tradição nem a  pompa dos britânicos. E o povo, desmobilizado , afinal não se pode exigir uma eterna mobilização da sociedade cada vez mais descrente. Afinal temos instituições? A quem elas servem? Claro, servem à cleptocracia reinante e cada vez mais forte.

É uma vergonha a passividade e complacência das chamadas classes pensantes, mas comunista é assim mesmo, os meios sempre justificam os fins, portanto camninhamos para um estado totalitário. Afinal já vivemos a ditadura do judiciário, o mais célere caminho para o totalitarismo, e afinal, a Venezuela e Argentina está logo ali na esquina. Quem quiser pode pagar para ver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário