Ao contrário do Brasil, governadores dos EUA abrem tudo - Rafael Brasil



Enqunto os governadores do Brasil, sobretudo dos estados mais fortes economicamente falando, impõem um lockdown radical, como os governadores de São Paulo, Rio, Rio Grande do Sul, Pernambuco e outros, nos Estados Unidos, os governadores do Texas, Alabama, Mississipi, Yowa e Montana,  vão abrir tudo, inclusive a não obrigatoriedade de usar máscaras.
Cientistas renomados em todo planeta estão chegando à conclusão que o lockdown não é uma medida eficaz, antes pelo contrário: Os habitantes de Nova York que sofreram um lockdown redical imposto pelo governador democrata, teve muito mais mortes do que a Flórida onde não houve tal política, ou seja, tudo contionuou funcionando, claro, mantendo-se os cuidados necessários, e protegendo os mais vulneráveis, os velhos e os acometidos de doenças como diabetes e comorbidades.
Aqui no Brasil na verdade o que querem mesmo é fazer política para derrubar o presidente, aliás é o que também fizeram , e conseguiram, nos EUA. 
Os governadores tupiniquins só pensam em derrubar Bolsonaro, e foram justamente eles que juntamente com o também corrupto e famigerado STF mentiram e mentem descaradamente, e tiraram os poderes do presidente em gerir à pandemia. Agora acusam o presidente de inação à respeito. É muita hipocrisia e pusilanimidade.
O povo que não é bobo, e está ligado nas redes sociais não engole mais esta mentira, que é reverberada massivamente pela mídia também esquerdista e com síndrome de abstinência de verbas, que nos governos esquerdistas eram mais do que fartas. 
Em suma é muita bandidagem, mas o governo, que está simplesmente falando a verdade, segue muito popular pois está falando e agindo a favor do povão. E para desespero da oposição continua à frente em todas as pesquisas. Em síntese, o presidente e a direita é quem realmente defende o proletariado, o resto é conversa fiada.
 


Um comentário: