TIRRI E CARLOS, A RENOVAÇÃO PELA TRADIÇÃO EM CAETÉS - Rafael Brasil

 

    Na próxima terça feira teremos a convenção, bastante restritiva em termos de ocupação espacial por causa da pandemia, da chapa governista Tirri e Carlos do Correio que conta com um grande e inédito apoio de grande maioria do povo caeteense. E é como diz o ditado popular, a voz do povo é a voz de Deus.

Tirri e Carlos são filhos não de elites previamente estabelecidas, as tradicionais oligarquias familiares tão comuns neste interior com  tradição coronelística, hoje com ares mais modernosos, digamos assim, mas gente que veio do povo humilde e trabalhador da cidade. Famílias humildes, mas com grande interação social fundamentada no respeito a todos, sem distinção. 

Tirri, filho de seu Antônio Jacinto, recentemente falecido, é um cidadão educado de índole pacífica e democrática, pertence a uma grande família de trabalhadores nos mais diversos ofícios na cidade cujos exemplos significam que Caetés está entregue a seus homens do povo, que é nosso maior tesouro. Já Carlos, é filho do seu Cícero Valério e dona Izabel, ambos falecidos, dona Izabel mais recentemente, também são filhos da cidade, digamos, com raízes profundas no povo a quem se Deus quiser servirão.

Aliás, o nosso prefeito Armando tem como lema, seja explícito ou implícito, o progresso, manutenção e expansão das obras na cidade e no município, colocando como prioridade a prefeitura como boa prestadora de serviços à população, e este trabalho deve continuar, claro. Afinal este ideal progressista vem lá de trás com o velho Rafael Brasil, meu pai, e todo seu grupo da época, e como o ideal deve continuar, é como bem diz um belo ditado do poeta Fernando Pessoa, "Deus Quer, O Homem Sonha, a Obra Nasce". Com Armando este espírito voltou e o município começou a renascer. Obrigado Armando o povão agradece. Não só agradece mas quer continuar, é a renovação pela tradição, afinal.

Enfim o povo de Caetés está de parabéns, e o prefeito também, soube ouvir suas bases e tudo se encaminha para uma eleição de paz e tranquilidade, pois Caetés estará em boas mãos, afinal nossa região é muito pobre e temos muito trabalho pela frente. E temos a tradição de um Rafael Brasil, Hermínio Sampaio, Manoel Malaquias, Severino Gerino, e muitos outros que amaram esta cidade, criaram suas famílias e sempre sonhando por dias melhores. Que Deus ilumine o nosso povo e meus amigos Carlos do Correio e Tirri, inverto a ordem porque o velho Carlos é meu amigo mais véio, porque é mais véio mesmo, ademais Tirri pra gente ainda é meio pirralho, simplesmente por ser de geração mais jovem, né não Tirri? Enfim dois homens da terra cuja maior característica é amar o povo com trabalho, humildade e responsabilidade social. Viva Caetés, viva nosso povo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário