Popularidade de Bolsonaro dispara - Rafael Brasil








 Muitos babacas e esquerdistas ressentidos e invejosos diziam que 70% do povo rejeitavam o governo. Ao contrário, entre ótimo e bom e regular, o presidente está com 70% de aprovação, o que deve provocar muitas bílis e choradeira da esquerda que se achava dona da vontade popular.

E o melhor dessa pesquisa é que o presidente está cada vez mais popular no Nordeste, região que a esquerda se achava dona do pedaço. E é no Nordeste que o presdidente vai investir muito mais, aliás com a posibilidade da reeleição de Trump e com as reformas no Brasil muitos investimentods poderão vir para a região, como a substituição das cadeias produtivas da China para a América Latina, uma possibilidade já que a aproximação do Brasil com os Estados Unidos, é um dos pilares da nova política externa, se aproximar de nações ricas e democráticas.

Fico feliz porque o Brasil , claro, pode dar certo, basta uma liberada na economia. E é o que está acontecendo com o andamento das propostas reformistas que devem ter maior aceitação com os acordos políticos no congresso, e ademais, a popularidade do presidente poderá trazer dividendos a quem o apóia, e simplesmente político não entra na onda de abraçar afogados.

Felizmente resta aos esquerdistas o choro, que ademais é livre. E de nada adiantou estas narrativas de discurso de ódio e outras baboseiras, afinal o que existe de bom, no governo é o seguimento da vontade e sentimentos populares. Paz trabalho e segurança, esta é a luta do sofrido povo brasileiro dominado há tempos por elites que sempre sugaram o povo e sempre viveram como nababos à custa do estado. Claro ainda estamos longe deste ideal, porém para uma longa caminhada é preciso o primeiro passo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário