Lava jato avança contra advogados de Lula e comparsas - Rafael Brasil

PF cumpre mandados de busca e mira advogados de Lula e Witzel - Notícias -  R7 Brasil

 



A lava jato avança, apesar de muitos afirmarem o contrário, agora contra o advogado de Lula o tal de Cristiano Zanin, envolvido em imensas maracutaias envolvendo o sistema S no Rio de Janeiro.

O meliante ainda acusa o estado de perseguição, de tentar o intimidar, pode? Pode, é o Brasil da impunidade geral e quase irrestrita.

Ontem mesmo foi apreendido 800 mil reais no escritório de advicacia do filho do presidente do STJ Humberto Martins de receber 77 milhões para inflenciar decisões da corte na gestão de Sérgio Cabral e apaniguados. Tudo envolvendo o sistema S, que devia ser extinto ou mesmo desestatizado.

Realmente a lava jato precisa chegar ao judiciário, sobretudo nas ditas supremas cortes que estão apodrecidas pela cleptocracia nacional e há tempos. A missão de Eduardo seria, segundo delação premiada, obter jundo ao STJ decisões que pudessem manter Orlando Diniz à frente do fecomércio fluminense. Diniz foi preso pela lava jato e firmou um acordo de delação premiada.

O ministro Humberto Martins, pai do advogado assumiu a presidência do STJ no final de agosto, antes ocupava o cargo de corregedor nacional de justiça. Segundo a acusação, foram pagos aos meliantes cerca de 40 milhões de reais de honorários advogatícios ideologicamente falsos.

É muita maracutaia, e se mexer tem muito mais. Realmente o Brasil precisa muito ainda para ser devidamente passado a limpo. É preciso além de uma ampla reforma do estado, a do judiciário covil de bandidos de todas a espécies, e mordomias mais do que absurdas. Enfim é preciso reunir forças políticas consistentes para operar as reformas, afinal do jeiro que está simplesmente não dá. 

2 comentários: