Por culpa do STF Rio vira uma praça de guerra - Rafael Brasil

Violência no Rio: Estado vive 'derrota profunda de projeto civilizador',  diz especialista em segurança pública - BBC News Brasil



Por culpa única e exclusiva do STF o Rio de Janeiro se transformou numa poraça de guerra entre as quadrilhas de narcotraficantes, disputando áreas de venda, enquanto a polícia nada pode fazer. Afinal foi obra do STF, sempre ele se metendo em tudo, que proibiu a polícia de fazer operações nas favelas da cidade e região metropolitana, na prática liberando geral para a dominação dos narcotraficanmtes, um absurdo.
Esta semana foi morta uma mulher que desesperadamente tentava proteger sua filha, de bala de fuzil. Bairros inteiros vivem apavorados com tiroteios frequentes, e a confusão chegou ao centro da cidade, com quadrilhas agindo livremente na disputa por pontos de venda de drogas. Na verdade há tempos o estado deveria ter uma intensa intervenção militar para enfrentar o problema, e aom muita inteligência no meio, afinal estas quadrilhas agora estão mais organizadas e tem ramificações internacionais, com, mercenários vindos do exterior dando suporte aosa grupos cada vez mais bem armados.
O autor da "obra" macabra foi o ministro Fachin, um esquerdista nato, que acha que a violência é meramente uma questão social e que os bandidos são vítimas da sociedade capitalista malvada. É essa gente que se diz iluminista e diariamente afronta à nação agindo à margam da constituição, e como um puxadinho dos partidos da esquerda mais radical, soltando bandidos, dando amparo a quedrilhas de todos os tipos.
Por essas e outras o STF tornou-se no principal fator de desestabilização institucional do país, uma verdadeira ameaça à democracia, e por isso é odiado pelo povo. Como doria o maior meliante da nossa história, Lula, nunca antes neste país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário