Quem é contra a democracia? Rafael Brasil

Repórter da GloboNews gagueja ao vivo e não consegue falar a ...


Nestes tempos bicudos, fala-se muito em democracia, e que os movimentos de direita são anti democráticos, porque alguns pedem intervenção militar. É assim que a mídia, e os setores golpistas encastelados no congresso e STF, tentam aplicar esta narrativa. É de uma mantira de doer, ainda que as manifestações fossem inervencionistas, é um direito democrático pessoas se manifestarem, ora essa. Afinal o povo não está nada satisfeito com os desmandos do congresso e do STF aliados da mídia esquerdista, e ansiosos desde a eleição em derrubar o presidente. Primeiro a candidatura, depois o mandato.
Até a tentativa, quase alcançada de assassinar o então candidato, salvo por um milagre, tentativa esta ainda sem as devidas investigações, afinal, o próprio STF, em conluio com a esquerdista OAB, não permitiu o vasculhamento dos celulares dos advogados, caríssimos, do autor  material do crime, apontado como louco, e portanto inimputável.
O mais risível de tudo isso é que as manifestações de apoio ao presidente, ou seja, da direita, tem milhões de participantes, em clima de festa, e sem nenhum tumulto. Estas são as manifestações tidas como anti democráticas. Já as da esquerda, são feitas desde sempre com gente mascarada, e houve até assassinato, como no caso de um repórter da rede bandeirantes no passado recente.. Ninguém foi punido, e agora, com os tais dos antifas, arregimentaram até membros da torcida organizada do corínthians, conhecidos pela violência assassina, fizeram quebras quebras e agressões a pessoas consideradas de direita, e nada de punições.
E o pior: O pensamento de esquerda, salvo os chamados social democratas, sempre foi totalitário. Lá pelos anos 80 o comunista Carlos Nélson Coutinho, fez um texto clamando todos os comunistas considerarem a democracia como valor universal, e não como um mero instrumento para se chegar à ditadura do ploretariado, em outros termos a ditadura comunista. Passaram os anos, e o pensamento totalitário da esquerda continua, em partidos como PSOL, PC do B e tutti quanti.
Aliás, durante os governos petistas fizeram muitas manifestações aplaudindo os piores ditadores comuinistas como Lênin, Fidel Castro, e até Stálin, sem que nada acontecesse. Aliás , recentemente em uma manifestação dos antifas, postaram uma faixa pedindo a ditadura do proletariado, enquando a mídia aplaudia.
Todos sabem o apoio dos petistas a todas as piores ditaduras comunistas do planeta, sobretudo as da América Latina. Apoio financeiro inclusive, como em Cuba, na Venezuela e na Nicarágua, onde ano passado fizeram um massacre que matou cerca de 500 pessoas, invadindo igrejas e o escambau. A mídia esquerdista não só se cala, mas aplaude.
Agora tem este inquérito estúpido do STF cerceando todas as liberdades mais básicas dos apoiadores de Bolsonaro, e perseguindo e prendendo pessoas sem saberem nada dos tais inquéritos, inclusive parlamentares. Portanto quem realmente defende a democracia? A esquerda sempre flertou abertamente com o totalitarismo, e pessoas que defendem intervenção militar, estão realmente pedindo ordem, enfim, respeito às leis.
São pessoas desinformadas, mas estão longe de representarem a massa da população. Afinal os militares quando no poder perseguiram a direita também, mas isso é outra história.
Autocratas são os membros do STF, os piores da nosa história, e seus comparsas, membros do congresso, mídia e intelectuais acadêmicos esquerdistas. Estes, como os agentes da mídia, ficam calados, uma vergonha. Deviam voltar aos bancos escolares, enfim, para pelo menos assistir aulas de educação moral e cívica, e quem sabe à moda antiga? Com uma boa palmatória para ajudar. Fica a sugestão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário