O PSOL, o esgoto da política brasileira - Rafael Brasil

Resultado de imagem para psol e bandidos



Numa democracia de verdade, deviam ser extintos partidos que pregam a revolução comunista, afinal estes partidos tem a democracia como um instrumento para se chegar à ditadura do proletariado, ou coisa similar. Em poucas palavras, ditaduras totalitárias. Partidos como o PC do B, e similares, são cacarecos políticos e ideológicos.
Numa reforma política de verdade, uma boa cláusula de barreira seria muito eficaz. Se o partido  tivesse  menos de 5% do eleitorado, nada de legalização. E se em seus estatutos tivesse programa totalitário, também. Aliás, este projeto nunca passou, pra dar guarida a estes dinossauros que fazem zoada, mas não tem voto.
O PSOL ainda é pior. Defende tudo o que não presta, aborto, ideologia de gênero, liberação total das drogas e completo apoio à bandidagem. Para essa gente, bandido além de vítima da sociedade capitalista cruel, é sempre um potencial revolucionário. Matar, roubar estuprar são, digamos, atos de rebeldia, contra o sistema maldito.
O pior é que estes partidos nunca tem votos entre os mais pobres que dizem defender. Seus votos estão na classe média com nível universitário, uma merda, dado o baixo nível de nossas universidades há décadas aparelhadas pela esquerda.
Com a eleição de Bolsonaro, a esquerda está cada vez mais endoidecida. Lula saiu da cadeia, pregando a rebelião popular nos moldes do Chile. Hoje não pode sair nas ruas. 
A radicalização é intensa na classe média dita intelectualizada, geralmente que trabalha no estado e nas mídias, alimentadas pelo show business. Mas o problema dessa gente é que o povo é conservador. Saudavelmente conservador, e logo mais, com o sucesso do governo estes partidos vão para onde merecem: A lata de lixo da história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário