GOVERNOS ESTADUAIS ROUBAM O POVO - RAFAEL BRASIL

Resultado de imagem para briga de estados com o governo federal"



Esta semana houve um início de briga entre o governo federal e os estados, em outros termos do governo central com a nossa pífia federação. 
O governo tenta esclarecer à população que os preços, mais especialmente os combustíveis são altos não só por culpa da tributação federal , mas sobretudo dos estados. Pagamos a mais na bomba cerca de 40% em impostos, e destes cabe aos estados uma média de 28%. Em Pernambuco, um dos estados que mais cobra impostos no Brasil, a alíquota chega a 29%. Isso mostra que não é novidade, nós o povo somos escravos do estado. E na chamada era social democrata, que a rigor vem desde a constituição de 88, passando pelos governos esquerdistas do PSDB e PT, nossa carga tributária passou de pouco mais de 20% do PIB a quase quarenta. Ou seja, trabalhamos cerca de cinco meses num ano pra pagar impostos. 
E os serviços prestados pelo estado? Bem, todos sabem o descalabro e as contas , seja do governo central seja dos estados estão sempre em pandarecos, e a saúde, educação e tutti quantti é sempre de péssima qualidade, e a corrupção campeia. Isto sem falar nos municípios.
Enquanto o governo federal agora tenta ajustar as contas, cortando gastos e privilégios, afinal só no ano passado foram cortados cerca de 100 mil cargos de confiança, àqueles cargos que os políticos adoram, pra botar seus apaniguados, como todos sabem. E foi feita a reforma da previdência que muitos tentaram no passado e não conseguiram , sempre cedendo às pressões corporativas, dentre outras mais.
Porém essa discussão é boa, afinal. Os governos estaduais terão que enxugar tudo, enfim, acabar com a farra de cargos de confiança, extinguir secretaria inúteis, e pagar melhor a quem realmente serve ao povo, como policiais, médicos, enfermeiros e professores, assim como também os municípios. Afinal o estado deve estar onde o povão mais precisa, o resto é farofa.
Mas vamos aguardar as reformas, administrativa e tributária, que o governo vai lançar agora. Afinal, há décadas ouço falar na necessidade de um novo pacto federativo, e o governo aponta nessa direção. Mais Brasil e menos Brasília. Como sempre ressalto, o Brasil precisa de capitalismo, e com este estado não dá. O estado é o principal empecilho para o desenvolvimento do país, e desde anteontem é preciso reformá-lo, de fio a pavio. Alguém duvida?

Nenhum comentário:

Postar um comentário