General Heleno falou a voz do povo - Rafael Brasil

Resultado de imagem para general heleno ministro



A reação dita pela imprensa como intempestiva do general Heleno, dentre outras adjetivações, é o que o povo já sabe de cor. O congresso é um dos maiores fatores de atraso do país. Para essa gente, o sucesso do governo é aterrador, porque significa a ruptura do que muitos chamavam de presidencialismo de coalizão, ou seja, o loteamento do governo para as quadrilhas que sempre roubaram e atrasaram o país.
Querem implantar um parlamentarismo branco, com a restrição do que sobra da escandalosa carga tributária que o povo paga ao governo, ou seja, cerca de 6% da arrecadação que passa de três TRILHÕES. Querem tirar 30 bilhões do governo e distribuir entre os pares, claro, para roubar e utilizar politicamente em suas clientelas.
O general mandou um FODA-SE para essa gente. Rodrigo Maia, moleque de recados e operador da banda podre do congresso, a maioria, da esquerda ao chamado centrão, ainda ironizou o general, chamando-o de adolescente ideológico. E seu comparsa, o tal de David Alcolumbre pensa em o chamar para dar explicações ao senado. 
Seria bom o general ir mesmo e dar um pito monumental nessa gente, que é protegida pela imprensa, pelo show business, e pela maioria das chamadas classes falantes, os acadêmicos de merda de sempre, que controlam o establishment universitário.
Porém, e como dizia o finado Plínio Marcos, sempre tem um porém, o povo vai se manifestar nas ruas. Seria bom milhares de caravanas para Brasília, mas esta cidade foi construída segundo um plano comunista de manter permanentemente o povo afastado das principais decisões do país. Mas tem São Paulo que é a vanguarda política da nação, e muitas outras cidades, claro.
O povo entendeu a voz do general Heleno, porque o povo decidiu não ser mais besta. Esta cambada do congresso e das altas cortes do judiciário não pode tomar um cafezinho num boteco. São odiados pela população, que sustenta todas as mordomias e sinecuras destes eternos vampiros do povo brasileiro. 
A luta será grande, mas se o povo não se mobilizar e a economia desandar, o povo perde outra vez, como desde sempre. Como tenho dito, temos que ter consciência que nossa revolução é permanente. Que Deus proteja nosso povo.

Um comentário: