Direita unida jamais será vencida - Rafael Brasil

Resultado de imagem para bolsonaro e moro juntos


O slogan, o povo unido jamais será vencido foi um mantra da esquerda e da oposição ao regime militar. E a esquerda, que tinha mil e uma facções,  na hora H se unia, com as exceções de praxe. 
E a esquerda, ao longo dos últimos 50 anos, vem ocupando espaços, e conquistando a hegemonia cultural, com grandes artistas e escritores. Ocuparam as repartições públicas, escolas e universidades.
Hoje perderam o discurso, e a hegemonia cultural, desmoralizada com o baixo nível da educação e da cultura, chamada de diversitária, em outras palavras a banalização total e irrestrita. No poder encheram os artistas, a maioria de baixíssima qualidade, jornalistas e falsos escritores e poetas de dinheiro, geralmente público, e roubado pela corrupção deslavada.
Hoje temos uma direita em processo de formação, caótica, sem partido, mídias, com exceção da internet, quer aliás foi a responsável pela eleição de Bolsonaro. Porém, como bem diz Olavo de Carvalho, por enquanto a direita é Bolsonaro e seus colaboradores no governo. E evidentemente todos tem que se unir em torno do governo, e aos poucos conquistando a hegemonia, que é uma questão de décadas.
Claro, o governo não deve ser imune às críticas, porém é o agente unificador do nascente movimento conservador brasileiro. 
Muitos por pequenos deslizes saíram, e adotam o discurso da esquerda, em suas críticas. São os que vão ficando no meio do caminho e no limbo da história.
Mas nos miremos na esquerda e aliados. Agora, acuados pela possibilidade de um bom governo e a popularidade do presidente se unem incondicionalmente, embora agora, num abraço de afogados.
Qualquer possível deslize do presidente é encarado como coisa séria, e a raiva está exposta. 
O caso de Cid Gomes e sua motoniveladora agredindo grevistas é emblemático. Todos seguiram o tom de culpar Bolsonaro pelo fato. Ridículo, mas sintomático. E se alguém da direita fizesse isso com algum movimento de esquerda?
Agora, todos unidos em torno do presidente e sua equipe, e em posição de combate. E que a lição sirva pros chamados isentões. Estes , instrumentos da esquerda, e serão sempre ridicularizados por ela. 
A esquerda é nociva, mas tem muito que ensinar. Quem não quiser aprender, vai ficando indefinidamente escravo dessa gente chata e ruim. Quero é que se phodam! 

5 comentários:

  1. BANDO DE CAFAJESTES,SE ACHAM PODEROSOS,MÁS SÃO UM BANDO DE MARICAS

    ResponderExcluir
  2. O bolsonarismo ousou voar alto, más o tombo poderá ser infinitamente mais doloroso, cedo ou tarde , Nem todo bolsonarista é canalha, más todo CANALHA é bolsonarista e é a parte podre de um país adoecido.

    ResponderExcluir
  3. Ridícula é a esquerda, que ainda não entendeu que o Governo é de direita porque a maioria da população assim o escolheu. Ou seja, a esquerda não serve mais!!!!

    ResponderExcluir