COMUNISMO: O CÂNCER DA IGREJA CATÓLICA - RAFAEL BRASIL

Resultado de imagem para papa recebendo lula



Desde os anos 60, Nélson Rodrigues criou o termo padre de passeata, ao criticar a militância comunista de muitos padres da Igreja Católica. Em suas deliciosas crônicas, ele dizia que logo tocariam e dançariam o maxixe nas igrejas, bagunçando  a liturgia. Hoje fazem muito pior, tocam zabumba, xangô e xamanismo indígena, até no interior do Vaticano. 
Como bom observador e excelente cronista, Nélson enxergava o óbvio, operação difícil nos dias de hoje. O que tem de padre comunista não está no gibi. Aliás, é o normal hoje na Igreja, padreco, bispo, arcebispo, e agora até o Papa falando em justiça social, igualitarismo e implícita ou explicitamente na velha cantilena marxista, luta de classes. Até sessões de candomblé se faz no interior das igrejas, claro, em nome do multiculturalismo, marca registrada da esquerda contemporânea na sua pregação dita diversitária.
Aqui foram os padres comunistas que tiveram um papel fundamental na criação do PT, um partido literalmente diabólico, onde tem de tudo, sobretudo ladrão e assassino. E ainda continuam a apoiar o petismo com a maior cara lisa. Bradam contra Bolsonaro o chamando de fascista e até nazista. 
Conheço um padreco, que bradou isso na missa para os pobres dos fiéis, já acostumados com essas heresias. Quem não conhece um desses, Brasil afora? Ademais, padre e professor comunista abundam no país. Em poucas palavras por essas e outras a ignorância é hegemônica. Afinal nem a escola ensina a ler, nem a Igreja a rezar. 
Bolsonaro é um dos representantes do conservadorismo nacional, pregando a manutenção da família tradicional queiram ou não. Por essas e outras, ele é querido dos evangélicos, que crescem justamente porque são conservadores, tal qual a sociedade brasileira, enquanto o catolicismo definha.
Esta semana, como sabemos o Papa argentino Bergollio recebeu Lula, o líder da pior organização criminosa jamais instalada no país, para deleite dos seus asseclas, que ainda sonham diuturnamente com a volta ao poder. 
E até as pedras sabem que o programa do PT tem todas as pautas anti cristãs como partes mais importantes de seu programa, ou seja,  abortismo, gaysismo e ideologia de gênero, só para ficarmos nestes temas. 
Claro, tem um movimento alvissareiro de católicos que reagem contra tudo isso, mas ainda são minoria, porém o estrago está feito, e se continuar assim, logo mais os evangélicos se tornam maioria no país. Aliás assim apontam muitas pesquisas, mas pesquisa é o retrato do momento. A conferir.
Enfim esta diabólica "obra" do comunismo dentro da Igreja vai destruindo todo trabalho de evangelização feito pela Igreja Católica desde que os padres aqui aportaram com o espírito do Concílio de Trento, a parir do século XVI, como os padres Anchieta e Manuel da Nóbrega.
Uma obra de séculos destruída em décadas. Afinal, é mais fácil destruir do que construir, e o comunismo é bom nisso. Vade retro!

Um comentário:

  1. CARA ! VOCÊ TÁ PIOR DO QUE O SEU ÍDOLO,SÓ FALA EM ESQUERDA E EM COMUNISMO , AQUELE RETARDADO PRESIDENTE QUE VOCÊS ELEGERAM SÓ FALA ISSO ,ESQUERDA ,DIREITA ,COMUNISMO ,E AÍ O NAZISTA TUPINIQUIM VAI À CHINA COMUNISTA E FAZ NEGÓCIOS DA CHINA COM ELES ,PENSA! RAPAZ ,ACORDA SAÍ DESSA BOLHA ,O MU DO MUDOU ,MÁS VOCÊS HEIN

    ResponderExcluir