Bolsa ditadura custa 20 bilhões, roubo puro. - Rafael Brasil


Resultado de imagem para absurdos da bolsa ditadura militar



No regime militar brasileiro, em lista da comissão de justiça e paz da arquidiocese de São Paulo, portanto, da igreja comunista, morreram exatamente 425 pessoas. Por sua vez os terroristas de esquerda, dentre os quais a ex presidente Dilma, dizimaram cerca de 180 pessoas. Estas últimas, juntamente com suas famílias nunca receberam um derréis de mel coado. 
Faz quarenta anos que a ditadura acabou, claro foi ditadura, porém comparada a outras, até nos países latino americanos foi branda, isso pelo número de mortes. No pequeno Uruguai, foram cerca de mil, Na Argentina, cerca de 15 mil e no Chile de Pinochet, cerca de 4 mil. Todos estes países com populações bem menores do que no Brasil. 
Já as ditaduras comunistas, a situação chega a 200 milhões de mortos. Em cuba, na América Central foram cerca de 17 mil fuzilados e 100 mil mortos, por torturas e tentativas de fugir do país, uma verdadeira prisão. E na época da chamada revolução cubana o país tinha cerca de 6 milhões de habitantes.
Aqui no Brasil, dezenas de milhares de pessoas recebem a tra de bolsa ditadura, dentre veles Dilma, Lula, Gilberto Gil e Chico Buarque. Em outras palavras,, a esquerda depois de chegar ao poder, promoveu um festival vergonhoso de indenizações, roubo puro.
Tenho um tio, já falecido, preso de 1964, Roberto Souto Maior, que recusou receber isso, alegando justamente que tinha lutado por ideais, não por dinheiro. Gente como meu tio, com consciência e sabendo do seu verdadeiro papel na política é coisa rara no país. 
O governo tem que rever mais essa farra com dinheiro do contribuinte, mais um absurdo da cleptocracia petista. Afinal isso é mais um achincalhe com o povo pobre e sofrido do país. E ademais estas pessoas nunca lutaram por democracia, queriam mesmo implantar uma ditadura comunista. Posam de democratas, mas a hipocrisia e safadeza dessa gente não tem limites. Tem?

13 comentários:

  1. Qualquer pessoa que levasse uma 'carreira' da polícia se dizia contra a ditadura, então nos governos do PT, requeriam e eram agraciados com essa "bolsa ditadura", agora a coisa modou!

    ResponderExcluir
  2. Exterminar com esta maracutaia Bolsa Ditadura, armada pelo governo petista. Que tortura tiveram Caetano Veloso, Gilberto Gil, Chico Buarque, viviam neste período em Arembepe-Camaçari-BA fumando uma maconha lascada,praticando o nudismo e compondo musicas contra o período da ditadura.Dilma e Lula que tortura tiveram ?

    ResponderExcluir
  3. Materia cheia de fakes. Saiba a verdade:https://www.boatos.org/entretenimento/bolsa-ditadura-365-milhoes.html

    ResponderExcluir
  4. Leia o link. Caetano Veloso, Gilberto Gil e Chico Buarque nso recebem nemhuma pensao. E o resto do texto está eheio de outros dakes

    ResponderExcluir
  5. Ja era sem tempo, eases bandidos não podem ter privilegios a mais do que aqueles que trabalhavam e foram mortos e prejudicados por esses comunistas

    ResponderExcluir
  6. Sangue suga. Pare de se aproveitar da sociedade.

    ResponderExcluir
  7. Apoiado 👍🏼👊🏾👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾 ñ somos obrigados a pagar essa corja de ladrões

    ResponderExcluir
  8. Como sempre a esquerda acha uma forma de ajudar os "CUMPANHEIROS", sempre com o dinheiro dos outros. Precisamos acabar com isto. Principalmente porque nenhum beneficiário desta GORDA GORJETA fez alguma coisa por seu país e tão pouco lutou pela democracia, mas sim, lutaram, e aterrorizaram o país em prol de uma DITADURA DO PROLETARIÁDO.

    ResponderExcluir
  9. Conheço (a maioria já faleceu) pessoas que recebem a citada bolsa. A maioria passou alguns dias ou poucos meses na prisão, sem nada sofrerem. Ao fim da ditadura (levada a efeito pelo então Presidente Gal. Geisel com sua política de "Abertura lenta, gradual e segura" e terminada pelo então Presidente João Figueiredo com sua política: "ou abre ou arrebento") não sópassaram a receber a tal Bolsa Ditadura, como foram reintegrados em seus cargos, com todos os direitos e indenizações. Na maioria dos casos um verdadeiro "maná"...

    ResponderExcluir