AGORA CARMINHA QUER DERRUBAR BOLSONARO - RAFAEL BRASIL






DILMA INVENTA NOVO PAPA

 Numa live, Dilma inventou um novo papa, Pio XIII. Mas quis se referir a Pio XII. Disse que o mesmo colaborou com o genocídio nazista, mentiu, foi exatamente o contrário. E disse que 30% da população brasileira é fascista porque apóia Bolsonaro. Como ser tão idiota ao votar e apoiar uma mulher burra dessas? E fica outra pergunta: como uma pessoa dessas foi presidente do Brasil? A mesma pergunta pode ser feita em relação a Lula. O Brasil está cheio de idiotas, sobretudo nas chamadas classes falantes, uma vergonha!

 ROSA WEBER DESFIGURA DECRETOS DE BOLSONARO

A  ministra Rosa Weber, outra comunista descarada do STF, atendendo é claro, a pauta esquerdista, desfigurou o decreto de Bolsonaro flexibilizando o uso de armas. Como todos os esquerdistas ela é desarmamentista. Como muitos, andam com seguranças armados, e apoiam terroristas e guerrilheiros armados. Aliás todas as ditaduras totalitárias desarmaram o povo. Tudo a ver. Aqui bandidos usam armas, claro ilegais, mas se o cidadão matar um deles, mesmo em legítima defesa vai preso. Vivi o tempo em que qualquer cidadão podia ter armas, que eram vendidas nas lojas, especializadas ou não. A violência era mínima. Afinal, bandido que nunca foi besta tinha cu. Sabia que ao praticar a violência poderia tomar uma bala na testa. Simples assim. Povo livre é povo armado, o resto é conversa de comunista safado! 

 CPI VAI INVESTIGAR TODO MUNDO

 Já que fizeram a tal da CPI para paralisar o governo e tentar pela enésima vez derrubar o presidente, parece que a CPI vai investigar governadores e prefeitos, menos mal. O comunista e militante Barroso queria enquadrar só o governo federal, na tentativa de reforçar uma narrativa mais do que fajuta da esquerda de que ele é um genocida, e o principal responsáveis pelas mortes causadas pelo vírus chinês. Certamente o tiro sairá pela culatra, afinal a roubalheira de governadores e prefeitos foi estupenda. Bom mesmo seria a pena de morte para esses ladrões. Por enforcamento em praça pública, ficaria de bom tamanho. Mas aqui, seguindo os "iluminados" do STF, ladrão rico, sobretudo político de esquerda ficam sempre impunes. Aliás o que tem de bandido no judiciário não está no gibi, inclusive na suprema corte. Quem duvida?

 LULA CARA LISA PEDE DESCULPAS AO POVO ITALIANO

 Lula pediu desculpas ao povo italiano dizendo não saber que Cesari Battisti não era terrorista. Battisti sempre foi paparicado pela esquerda que sempre gostou de terrorista. Aliás Dilma e inúmeras figuras proeminentes da esquerda já foram, se autodenominando defensores da democracia, fato contratado até por ex terroristas como Fernando Gabeira dentre outros. Queriam mesmo uma ditadura comunista. Aliás quem acredita em Lula? Só os idiotas de sempre e nossas indefectiveis classes falantes, que ainda enaltecem o comunismo, mas adoram as delícias do capitalismo, claro, financiados pelo estado, ou seja pelo povo que dizem defender. Por essas e outras estamos na merda. Puta que los parius!


 LOCKDOWN NÃO SERVE PRA NADA

 Diante das evidências, o povo da "ciência" está chegando à conclusão de que o Lockdown não serve pra nada. O tempo dirá que os que eram chamados de negacionistas estavam certos, inclusive o presidente. A respeito, pesquisadores da UFRG já chegaram a essa conclusão. A conferir quem realmente praticou genocídio no país, sobretudo do desemprego. 


 ALEXANDRE DE MORAES FAZ LIVE COM ESQUERDISTAS 

Alexandre de Moraes faz live com esquerdistas que chamam Bolsonaro de genocida. Carmem Lúcia a Carminha, diz que o presidente deve ser afastado como genocida. É muito descaramento de quem tirou os poderes do presidente de gerir à pandemia. Do jeito que vai, ou o exército toma vergonha na cara, ou, contrariando a vontade popular a cleptocracia derruba o presidente. Vontade é o que não falta.

 ATIVISMO JUDICIAL

 O ativismo judicial está paralizando o país, este é o maior crime jamais perpetrado na história do Brasil. Em tempos de crise às reformas mais do que necessárias ficarão paradas por causa de um ministro celerado em conluio com os partidos de esquerda querendo dar um golpe de estado contra o presidente eleito democraticamente pelo povo. São criminosos, e para dar um basta tem que ter algum tipo de intervenção de um poder moderador que pode ser os militares. Existe outra saída? 

 AGORA LÁ VEM CARMINHA QUERENDO DERRUBAR BOLSONARO 

Agora vem Carmem Lúcia querendo julgar Bolsonaro por suposto genocídio contra populações indígenas. Até quando a nação vai aguentar o ativismo do STF. Eles não tem limites, aliás não existem limites para a imbecilidade e pusilsanimidade. O pior é que essa gente se tornou inimputável, pois o senado age em conluio com eles. Fica sempre a pergunta: até quando a nação vai suportar?


 TESE DE MESTRADO MOSTRA A ECULHAMBAÇÃO DAS UNIVERSIDADES

 Uma "tese" de mestrado foi aprovada na universidade estadual do Rio de Janeiro, no curso de comunicação, sob o título, CAI DE BOCA MEU BUCETÃO, tendo como sub título, uma análise do funk como potência do empoderamento feminino. Tudo com nosso dinheiro, precisa falar mais? 💩💩💩


 NEM HOMEM NEM MULHER 

 Juíza de Santa Catarina autorizou a um homem não ter identificação de sua condição sexual na certidão de nascimento. Assim ele não é homem nem mulher! Tá bão? A loucura da negação da realidade infesta nossos tribunais. E ainda essa gente chama os outros de negacionistas, pode? Vade retro! 🤮🤮

STF AGE EM CONLUIO COM OPOSIÇÃO - RAFAEL BRASIL

 

Este negócio de CPI visando apenas o governo federal, ação iniciada monocraticamente perlo ministro militante esquerdista o indefectível Barroso, fato inédito na república, está em conluio com os planos da oposição esquerdista e aliados da cleptocracia nacional para desgastar o governo e frear às reformas mais do que necessárias que colocariam o governo no rumo certo e no caso seria imbatível na próxima eleição. Simnples e claro como a água.

O tiro poderá sair pela culatra, porém forças muito poderosas agem diuturnamente para manter o establichment corrupto de sempre, ou seja a manutenção da tecnocracia corrupta que representa o estamento burocrático do estado, dos marajás aos barnabés. Ademais o povo é escravo dessa gente há séculos.

O presidente do senado é dócil à cleptocracia, aceitando de bom grado à submissão do senado e do congresso aos ditames do STF, o qual é aliado incontestável. E o pior: procura barrar investigações que envolveriam os estados e municípios estes repositórios dos mais escabrosos casos de corrupção durante a pandemia. Claramente visam o desgaste do governo federal e da já cambaleada economia, travando às mais do que necessárias reformas do estado sem as quais o Brasil não anda.

Com a possibilidade da CPI englobar os governos estaduais, a oposição, mais especialmente a de esquerda, recua, sabendo que a bomba vai cair no colo de governadores aliados, sobretudo no Nordeste, feudo do novo coronalato desta vez esquerdiata.

É muita sujeira e deslavada cara de pau, aliás é como sempre repito, baseado nos exemplos históricos e os principais teóricos da esquerda, mentir é um mantra esquerdista, desde que em prol do partido e da revolução, deste os primórdios da revolulção russa iniciada por Lênin, Trotski e seguidores.

Vamos acompanhar os acontecimentos e o jogo dos atores na arena política, mas se a CPI fora ampla, os esquerdistas vão recuar, pois afinal quem tem telhado de palha não toca fogo no dos outros, assim reza um ditado popular. A conferir.

Esquerda e terrorismo - Rafael Brasil

 


A esquerda sempre defendeu terrorismo. Lênin era contra o terrorismo individual, tão característico do final do século XIX e do início do séc. XX, simplesmente por ser contra producente do ponto de vista revolucionmário, ou seja, apenas por uma questão de tática e estratégia política. Seu irmão fora condenado à morte por tramar um atentado ao Tzar Alexandre III, e a primeira guerra teve seu estopim quando do atentado ao Arquiduque Francisco Ferdinand, herdeiro do Império Austro Húngaro, por um grupo terrrorista Sérvio.

O terrorismo antigo visava atingir personalidades proeminentes da política, bem diferente do terrorismo moderno que visa atingir o maior número de pessoas e atingir grandes impactos midiáticos. Ou seja, a crueldade e covardia são características próprias da mentalidade terrorista, fruto de uma mentalidade psicopática tão fundamental na mentalidade esquerdista, afinal os comunistas sempre o utilizaram e de uma forma piorada: O terrorismo de estado.

Ao tomar o poder no golpe que antecederia a revolução russa que se consolidaria no processo sangrento da guerra civil que trminaria em 1921, os bolcheviques deram prosseguimento ao terrorismo de estado, com a dupla Lênin e Trotski. Deram prosseguimento porque se baseavam no terrorismo dos radicais da revolução francesa, com Robespierre no comando. 

Nos panfletos e escritos bolcheviques, Trotski e Lênin, dentre outros, pregavam, abertamente o terrorismo de estado contra os opositores, tachados de inimigos de classe. Em seis semanas Lênin instituíra os fundamentos do estadop totalitário. Não só opositores do regime eram torturados e mortos, mas os opositores da própria esquerda, como os social democratas e anarquistas foramn alvo do terrorismo comunista. Stálin terminou o serviço matando toda a oposição comunista, e praticando um genicídio nunca antes visto na história, eliminando cerca de 30 milhões de pessoas na ex União Soviética, só sendo superado por Mao Tspé Tung com a marca de 70 milhões. 

Quando o ministro Barroso fez a defesa de Cesari Battisti, um terrorista italiano que sempre foi pararicado pela esquerda nativa, teve como pretexto de que ele estaria eliminando os inimigos do proletariado, ou seja, justificando as terríveis ações do terrorista com argumentos muito familiares à esquerda. Fez uma defesa que não faria inveja a nenhum comunista de carteirinha, e perante o STF que o absolveu, uma vergonha.

Agora, com a maior cara de pau, Lula vem pedir desculpas ao povo italiano por ter dado todo apoio ao terrorista, é muito cinismo. Aliás, o cinismo é uma das marcas e um mantra revolucionário, afinal eles não clamam que Cuba e a Venezuela são democracias?

Enfim é com gente desse tipo que  através do ativismo judicial vem dominando o país, claro com a toda a complacência da esquerda que sempre apoiou terrorismo. E é este mesmo ministro que quer falsear à realidade forçando a abertura de uma CPI para apurar as hipotéticas falhas do governo no combate ao vírus chinês, quando todos sabemos que a corrupção campeou justamente com o os governadores e prefeitos que receberam centenas de bilhões do governo federal para o combate à peste. E que o próprio STF tirou os poderes do presidente em corrdenar às ações na saúde.

Ne verdade, até as pedras sabem que estão querendo é dar um golpe de estado tirando o presidente do cargo, jusatamente o presidente mais honesto desde a implantação da chamada nova república. Mas mentir é um mantra esquerdista , assim como o terrrorismo o qual é apioado pela esquerda e por ministros que não deviam nem ser advogados de cadeia.

STF é um antro de bandidos esquerdistas - Rafael Brasil


 Não tem jeito mesmo. Por mais  que tentemos não falar, vem sempre o STF a tentar de todo jeito desestabilizar o país e o governo. O STF é apenas um puxadinho da esquerda e da cleptocracia nacional , ponto final. Atua como partido político, afrontando à constituição, prendendo, censurando, ditando regras, todas da cartilha esquerdista para a nação cada vez mais oprimida, seja por bandidos comuns, que são soltos aos borbotões, a meliantes políticos, como Lula e seus comparsas de outros partidos.

Agora quer pautar o senado com a tal da CPI da peste chinesa, pasmem. Só focando nos hipotéticos desmandos do governo federal, deixando de lado todo o mar de lama patrocinado pelos governos estadusis e prefeitos, estes que receberam quase um trilhão para enfrentar à pandemia. É preovocação pura, e o que querem mesmo é dar um golpe no presiodente eleito pela ampla maioria da população.

O pior é o congresso que tem cerca da metade dos parlamentares envolvidos em casos escabrosos de corrupção no nosso mais do que podre sistema político e eleitoral.

Fez bem o presidente em dizer sem rodeios que gente como Barroso, defensor de terroristas como Cesare Battisti não tem moral para julgar ninguém, e como a maioria dos integrantes da corte, foi colocado pela esquerda que dominou a política nacional desde os idos do PSDB quando no governo.

É preciso uma verdadeira revolução democrática no país, afinal nossa constituição, ou o que chamam de instituições democráticas só servem às elites de sempre, agora ameaçadas por um governo honesto e que quer imprimir reformas mais do que imprtanmtes para o país.

Aliás, com a instalação da CPI a agenda econômica pára, afundando cada vez mais o país na crise social e econômica. O pior é que foi o próprio STF que proibiu o governo de corrdenar a crise provocada pelo vírus chinês. É muita safadeza para um só país. Só o povo mesmo para botar todos estes vagabundos togados na cadeia. Ucranização já, antes que seja tarde!

PSOL UM PARTIDO DE BANDIDOS – RAFAEL BRASI

 






Seria redundante classificar o PSOL como um partido de bandidos, posto que a esquerda sempre flertou com a bandidagem em prol da revolução e o partido, só com divergências pontuais de tática e estratégia política.

Lênin abominava o terrorismo individual, tão característico do final do século XIX, (seu irmão foi condenado à morte por tramar um atentado contra o tzar), por ser contraproducente em termos revolucionários, mas a exemplo de Trotski, implantou o terror revolucionário quando em seis semanas instituiu as bases do estado totalitário através do terrorismo de estado e do partido revolucionário, o comunista.

Na guerra civil que se seguiu a tomada do poder através de um golpe de estado pelos bolcheviques, tanto Lênin como Trotski implantaram o terror revolucionário, aliás a revolução se deu através da guerra civil e Trotski foi seu principal organizador. Do seu trem revolucionário comandou massacres terríveis contra opositores à esquerda e sobretudo camponeses, que foram aliados táticos no início da revolução, depois tratados como inimigos do regime então nascente. Stálin se notabilizara por ser um eficiente assaltante de trens pagadores em prol do partido e da revolução.

Porém os comunistas sempre desprezaram o chamado lúmpem proletariado, que se constituía de gente sem eira nem beira, trabalhadores autônomos, bandidos, seres desvinculados do trabalho formal, no dizer de Hannah Arendt, cidadãos sem classe. Para os comunistas de outrora estes entes deviam ser simplesmente eliminados por serem elementos essencialmente contra-revolucionários.

Com a implantação do comunismo na ex URSS, e sob Stálin, os criminosos comuns eram bem melhor tratados do que elementos ditos contra-revolucionários, milhões de dissidentes expurgados do partido, caídos em desgraça, além de camponeses denominados kulaks, que aos milhões foram deportados e enfiados em terríveis campos de concentração nas ermas regiões geladas da Sibéria, onde eram utilizados como trabalhadores escravos.

Portanto, a utilização de criminosos e até sua glamourização como elementos potencialmente revolucionários sempre foram tratados com certa brandura diante da brutalidade comunista. Porém, com a valorização da cultura marginal, ou seja à margem da sociedade, edificada pela escola de Frankfurt elevou os marginais como elementos potencialmente revolucionários, sobretudo na cultura, onde começaram a aparecer os inumeráveis bandidos bonzinhos, isto no cinema e no show business.

Portanto o PSOL passou a ser o partido explicitamente de bandidos, mas tudo misso faz parte de uma longa tradição dos movimentos revolucionários, como vimos.

Hoje no Brasil este partido, assim como todos da esquerda, se calam vergonhosamente diante da repressão covarde do estado contra cidadãos indefesos na pandemia chinesa. E pior: estimulam a violência desmedida contra o cidadão comum , muitos deles do próprio lúmpem proletariado, podemos assim dizer.

Como fiéis psicopatas comunistas pouco estão se lixando para o povo que apanha nas ruas, enquanto se mobilizam contra quaisquer ações policiais contra marginais, traficantes, criminosos e presidiários. Com a crise da gripe chinesa essa gente tirou a máscara de vez. E o pior é que com a complacência e colaboração das nossas maltas cortes judiciárias, mais especialmente o STF, onde “iluminados” como os ministros Barroso, Fachin e Alexandre de Moraes dentre outros, corroboram as teses dessa gente, que aliás tem mais adeptos nas classes médias universitárias onde estas idéias abundam.

Afrontam o senso comum que quer ver mesmo bandido na cadeia e trabalhador vivendo normalmente em ambientes de paz e tranquilidade. Aliás o proletariado deixou a esquerda desde os anos 60, fazendo com que a esquerda se apoiasse na marginalidade. Os fatos estão aí para quem quiser ver. Aliás fatos são fatos, o resto é conversa fiada e a história serve para lembrar, e buscar a verdade, ora essa. E quem defende o proletariado é a direita, mesmo desorganizada e com um presidente diariamente insultado pelas ditas classes falantes como fascista, genocida e até nazista.

Porém essa gente mente, afinal mentir é um mantra comunista, Lênin dizia acuse-os de que você é e do que você faz. Vade retro satanás!

Tá tudo no bolso da China - Rafael Brasil

 


Já dizia Nepoleão Bonaparte que quando a China acordar o mundo tremerá. E depois da dominação estrangeira no chamado império do centro nos idos do final do século XIX e início do século XX, a China depois da dominação comunista por Mao Tsé Tung em 1949 fez o casamento macabro do comunismo com o autoritarismo despótico tão bem característico do oriente.

Mao foi o maior genocida da história da humanidade, matando, ou de fome, ou pela pura repressão, cerca de 80 milhões de pessoas. Na grande fome do final dos anos 50 em dois anos com a política louca deenominada "o grande salto" morreram de fome cerca de 30 milhões de pessoas. O canibalismo passou a ser prática corriqueira tal qual na URSS de Stálin nos idos dos anos 30, onde se trocavam filhos entre as famílias, pasmem...para comer.

Na revolução cultural dos anos 60, enaltecida por muitos comunistas europeus e também brasileiros, morreram milhões. A loucura era tanta que queriam acabar com as tradições culturais chinesas substituindo-as pela propaganda comunista maoísta, quando quase acabaram com o país, matando inclusive quase toda a intelectualidade, tachada de contra revolucionária. Milhares de professores foram execrados am praça pública, torturados, estuprados e mortos pela juventude maoísta ensandecida e estimulada pelo próprio governo.

Com a morte de Mao, nos anos 80, assumiu o poder Deng Chiao Ping, um pragmático sobrevivente da era maoísta, e de cima da pirâmide do poder expurgou a ala maoísta representada pela viúva de Mao Chiang Ching que diziam ser pior do que o próprio Mao. Foi a luta contra o que chamavam de a gangue dos quatro, mais um expurgo comunista. Enquanto faziam o funeral de Mao, mantento o culto à personalidade do líder morto, defenestravam seus seguidores rumando para reformas capitalistas, ou seja, o capitalismo de estado. É o que poderíamos chamar de economia fascista, com a não estatização das forças produtivas, mas um capitalismo sob a eterna vigilância e controle estatal.

O capitalismo chinês foi alavancado pelos EUA, que antes, mesmo na era Mao, tentaram se aproximar da China, tendo em vista combater a URSS que era o inimigo principal, digamos assim. 

Com umna mão de obra quase escrava, sem sindicatos nem direitos, o capitalismo ocidental investiu pesadamente no país, alavancando decisivamente sua economia. Devemos considerar que a China tem uma tradição manofatureira muito forte, afinal são 5000 anos de cultura, e diferentemente da ex URSS, fizeram sua perestroika, (restruturação econômica) sem a glasnost (transparência e abertura democrática), como apregoara Gorbachev no fim da ex URSS. 

Com o capitalismo estatal, a China tirou cerca de um terço de sua numerosa população da miséria. E agora com a expansão continuada parte para uma agressiva política de hegemonia econômica e política mundial. E a agressividade é também militar, é bom ressaltar. 

Com isso a China hoje já domina boa parte das economias européias e dos EUA. Compram diuturnamente a África e tem uma política agressiva reinvindicando a hegemonis na Ásia através do mar da China.

A hegemonia chinesa não se dá apenas no âmbito militar. Eles compram políticos corruptos nas democracias ocidentais, e mantém uma grande influência nas mídias. 

No Brasil este processo está em pleno andamento, a pedra no sapato chinês é a direita representada por Bolsonaro e apoiadores, estes desorganizados ao extremo. Assim estão comprando o congresso, os governadores, os sindicatos e a mídia, esta com síndrome de abstinência de dinheiro estatal.

A esquerda política domina o estado há décadas e é um dos principais agentes do imperialismo chinês, assim como muitos militares, que acham erroneamente que as relações com a China não passam de trocas comerciais. Ledo engano.

Com a crise da gripe chinesa,  e a derrota de Trump nos EUA, ficou mais fácil a dominação que por ora se inicia. Afinal a China já domina a Venezuela e a Argentina. Para eles a menina dos olhos de ouro do Brasil é o agronegócio, dentre outras coisas, afinal o Brasil é um dos maiores exportadores para a China, cada vez mais sedenta de comida. E aí entram os vendilhões da pátria, que antes bradavam contra o imperialismo norte americano, agora se submetem ao império chinês. 

Em poucas palavras a luta pelo poder passa pela luta contra ou a favor do imperialismo chinês, o mais agressivo da história. E qualquer análise política deve levar consideravelmente esta questão. E é a China que está por trás da nossa cleptocracia política, cada vez mais forte diante de um presidente isolado e que apenas ainda tem o povo a seu lado. Como diria Lênin, agora o que fazer?